Canal
Geral

Primavera do Leste vai ser umas das sedes do Grito Rock

Por: 0 11 de Fevereiro de 2014 03:36

Do Zimbabwe à Juvenília. O Grito Rock Mundo volta a conectar o planeta no início deste ano. O festival fomenta uma rede de produtores que conecta vilarejos de 400 habitantes, como Milho Verde, em Minas Gerais, a grandes centros econômicos do mundo, como Madri, na Espanha. Produzido de forma colaborativa desde 2007, o festival foi criado como uma alternativa ao Carnaval em Cuiabá, e, em 2014, acontecerá no período de 20/02 a 30/03. Grito do Rock-Logo O formato colaborativo permite que a cada edição mais produtores compartilhem experiências e fortaleçam a cadeia produtiva da música local. Ao mesmo tempo em que o festival amplia seu alcance no “Brasil Profundo”, cria também conexões em âmbito global. No ano de 2013, Primavera do Leste foi representada no Grito Rock Sinop e no Grito Rock Cuiabá pela banda Novos Xavantes, que foi selecionada entre várias bandas inscritas na plataforma TNB e conseguiu recursos da iniciativa privada para custear o traslado para essas cidades. Isso mostra que a cidade pode valorizar mais a cultura Rock e as bandas autorais, quebrando preconceitos e incentivando o surgimento de novos músicos. Em 2014, Primavera do Leste terá a primeira edição do Grito Rock e está com realização marcada para 15/03. [caption id="attachment_360861" align="aligncenter" width="562"]A banda Engenho de Dentro foi uma das atrações do festival em 2013 (Foto: Grito Rock/Divulgação) A banda Engenho de Dentro foi uma das atrações do festival em 2013 (Foto: Grito Rock/Divulgação).[/caption] Na programação estão previstos shows de cinco bandas de rock autoral, venda de artesanatos, apresentação teatral, etc. Este ano, mais 400 cidades de 40 países recebem a 12ª edição do Grito Rock Mundo, festival idealizado pela rede Fora do Eixo e que conectam cidades e pessoas de todo o mundo. Também haverá edições do Grito Rock no em outras cidades de Mato Grosso, como Cuiabá, Várzea Grande, Sinop, Lucas do Rio Verde e Chapada dos Guimarães. As infinitas possibilidades, rotas e circuitos formados entre os eventos fomentam a circulação de produtores culturais, mídia livristas, artistas e formadores de opinião. Nesses 12 anos de realização do festival, milhares de bandas já circularam e no último ano 1500 shows já foram realizados. [caption id="attachment_360881" align="aligncenter" width="562"]Foto: Divulgação/Grito Rock Grito Rock é uma opção para quem não gosta de Carnaval (Foto: Divulgação/Grito Rock).[/caption] Para 2014 estão previstas cerca de 200 rotas conectando cidades da mesma região e festivais com datas próximas. As oportunidades, tanto para os shows como para as rotas, serão abertas pelo Toque no Brasil, portal de música que promove conexão entre produtores e artistas. O projeto foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo em 2003, e, com a criação do Fora do Eixo em 2005, e ampliou de forma conceitual e geográfica. A cada edição ganha ainda mais repercussão e espaço nas cidades onde acontece como em São Carlos (SP), onde o evento foi inserido no calendário oficial da cidade, e em diversas outras onde já construiu histórico e público. [caption id="attachment_360882" align="aligncenter" width="562"]Foto: Divulgação/Grito Rock O evento acontece em várias cidades brasileiras (Foto: Divulgação/Grito Rock)[/caption] As edições internacionais começaram tímidas e hoje já chegam a 40 países de todos os continentes, tendo edições em toda a América Latina, ponto marcado na Europa e África e novas edições na Ásia e Oceania. Para colaborar, interagir e saber mais sobre o Grito Rock Primavera acompanhe a página do Facebook.  

Tags: