Canal
Geral

Philips anuncia projeto social que beneficiará o Brasil

Por: 0 26 de Novembro de 2012

O presidente da Philips Royal Eletronics para a América Latina, Henk de Jong, e Johan van Geijn da Royal Netherlands Footbol Association (KNVB), anunciaram no dia 22/11, no Rio de Janeiro, uma parceria global de três anos que possibilitará a construção de 90 centros de luz no continente africano e sul-americano. No Brasil serão construídos 25 campos de futebol em comunidades iluminados com uma nova geração de alta eficiência de iluminação LED abastecidos por energia solar. A previsão é que o primeiro campo seja inaugurado no primeiro semestre de 2013 e todos os centros estejam prontos até 2014. O anúncio, que teve participação do Príncipe de Orange e da Princesa Máxima, da Holanda, e Clarence Seedorf, jogador do Botafogo, foi feito durante o seminário “Copa & Olimpíadas: A Experiência da Holanda em Gerenciamento de Estádios, Segurança e Soluções Sustentáveis”, que reuniu autoridades e empresários do Brasil e da Holanda. A principal ideia da ação da companhia é criar pontos de luz para comunidades que vivem sem energia elétrica, de modo que possam se reunir criando oportunidades para atividades sociais, esportivas e econômicas à noite. Estes campos de futebol receberão também o programa WorldCoaches (treinadores do mundo, em tradução livre) da KNVB, que treina futuros técnicos esportivos em utilizar o futebol para o desenvolvimento social, com foco em comunidades de países em desenvolvimento. A Philips já instalou sete centros de luz nas cidades do Egito, Gana, Nigéria, Quênia e África do Sul. Além de iluminar os campos em comunidades carentes, a Philips anuncia que é responsável pela iluminação de quatro estádios de futebol escalados para ser sede da Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo de 14: Estádio do Maracanã (RJ), Estádio da Independência em Minas Gerais, Estádio do Grêmio e Estádio de São Luis, além dos Estádios Fonte Nova (BA) e Estádio Castelão (CE).

Tags: