Canal
Geral

P&G vende marcas do segmento de beleza para a Coty

Por: 0 12 de Julho de 2015

Em um comunicado, a P&G confirmou a venda de 43 de suas marcas do segmento de beleza para a francesa Coty. Há algum tempo essa possibilidade vinha sendo comentada no mercado e foi reforçada por fatos como a queda de 11% nas vendas de produtos de cabelos, beleza e higiene pessoal da P&G no primeiro semestre. A atual transação, no valor de US$ 12,5 bilhões (aproximadamente, R$ 40,5 bilhões), inclui marcas de cuidados profissionais para os cabelos, tinturas, cosméticos e perfumaria. Entre as marcas envolvidas estão algumas populares no Brasil, como Wella, Koleston e Max Factor. Na perfumaria: Hugo Boss, Lacoste, Gabriela Sabatini, Christina Aguilera, Stella McCartney, Alexander McQueen, Gucci e Dolce & Gabbana. [caption id="attachment_474064" align="aligncenter" width="562"]Wella Wella, uma das marcas vendidas.[/caption] O presidente e CEO da P&G, A. G. Lafley, afirmou que a decisão é um passo significativo no plano de concentrar esforços nas dez categorias e 65 marcas que mais alavancam os negócios da companhia em suas principais competências. Mas a negociação não deixa a P&G totalmente fora do segmento: essas unidades de negócio seriam separadas, originando uma nova empresa que, a partir daí, seria fundida com a Coty. Investidores da P&G poderão ficar com 52% da nova empresa e a Coty, com 48%. Somente no segundo semestre de 2016 o acordo deverá ser finalizado.

Tags: