Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

P&G cria o movimento #PrideSkill

Por: Redação.. 30 de Abril de 2021

A P&G, uma das maiores empresas de bens de consumo do mundo, sempre em busca de espelhar a sociedade com esforços amplos em diversidade e inclusão, promovendo discussões tocando diferentes áreas do negócio, anuncia a criação do movimento #PrideSkill , que tem como objetivo facilitar a busca por profissionais LGBTI+.

Nos últimos anos, muitas empresas passaram a implementar políticas de inclusão de minorias políticas, mas, muitas vezes, quando uma empresa necessita ir ao mercado para encontrar profissionais, a busca se torna um desafio, uma vez que, não há maneiras de identificar se uma pessoa é LGBTI+ só pela foto ou nome no currículo.

As principais novidades do mercado M.I.C.E estão aqui.       

Leia também: P&G apresenta o projeto Racial 360º.

Sendo assim, a P&G, com o apoio do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e em parceria com a agência de publicidade Grey Brasil, quer encorajar as pessoas a se identificarem como LGBTI+ e incluírem "Pride" como uma competência em seu perfil profissional no Linkedin. 
               

Desta maneira, os recrutadores conseguirão encontrar esses profissionais de modo mais eficiente, além de dar total visibilidade aos membros da comunidade e gerar uma onda de postagens e compartilhamentos cheios de orgulho.

O Movimento #PrideSkill busca impactar positivamente a sociedade, atribuindo um novo olhar para a presença de profissionais LGBTI+ no mercado de trabalho e mudar as regras do jogo no mundo dos negócios, facilitando o encontro de profissionais e empresas inclusivas. 

A iniciativa surgiu por intermédio do pilar de afinidade LGBTI+ da companhia, o Gable (Gay, Ally, Bisexual, Lesbian &Transgender Employees), originado em 2010 no Brasil com o objetivo de criar um ambiente inclusivo em que funcionários se sintam seguros, valorizados e aceitos, fazendo com que eles consigam performar ao seu máximo.

"Não vamos descansar até conseguirmos fazer uma diferença real na vida das pessoas e seguiremos nossa trajetória intencional em busca de um mundo em que todos possam prosperar independente de orientação sexual, identidade de gênero, etnia, cultura e outros aspectos que nos tornam únicos.", diz Juliana Azevedo, presidente da P&G Brasil.

"A maioria dessas pessoas ainda se sente tolhida nos seus ambientes de trabalho ou até mesmo com acesso restrito de determinados espaços considerados corporativos. Promover a empregabilidade é um direito e por isso a importância do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. Entendemos que a promoção do acesso a renda por meios variados, não apenas o emprego, exige compromisso com o enfrentamento da LGBTI+ fobia.", diz Reinaldo Bulgarelli, secretário executivo do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+.

São atitudes como a da P&G que inspiram outras empresas a se engajarem em uma agenda positiva e responsável, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico, político e cultural da sociedade.", finaliza  Bulgarelli.

"A Grey conta com um time muito diverso em gênero, etnia e orientação sexual, e por isso o processo criativo foi super natural. Nosso maior objetivo é iniciar um movimento em que empresas fortaleçam suas políticas de inclusão. Queremos incentivar as pessoas a terem orgulho de mostrar quem são, sem medo. Começar com uma empresa do tamanho da P&G, é só um incentivo ainda maior para acreditar que outras marcas vão se unir a essa campanha.", complementa Guilherme Rex, diretor de Criação da Grey Brasil.

Para saber mais e se juntar ao movimento, acesse try.descubrapg.com.br/prideskill/ .

Tags: responsabilidade-social | diversidade | inclusao | pride-skill