Canal
Geral

Petrobras é a nova patrocinadora do judô

Por: 0 14 de Junho de 2013

A Petrobras é a mais nova patrocinadora do judô brasileiro. O contrato foi firmado na manhã desta terça-feira (11/06), na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, com a presença da presidente, Maria das Graças Silva Foster, do presidente da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Paulo Wanderley Teixeira, e dos judocas medalhistas olímpicos Mayra Aguiar, Rafael Silva, Sarah Menezes e Thiago Camilo. A empresa investirá R$ 20 milhões na modalidade nos próximos quatro anos. O patrocínio faz parte do Plano Brasil Medalhas, do Governo Federal, que tem o objetivo de colocar o Brasil entre os dez primeiros países nos Jogos Olímpicos e entre os cinco primeiros nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. [caption id="attachment_298837" align="aligncenter" width="562"] Presidente da Petrobras Maria das Graças Silva Foster, ladeada pelos judocas brasileiros.[/caption]

O Plano Brasil Medalhas 2016 foi lançado em setembro de 2012. Com o plano, o Ministério do Esporte prioriza modalidades com mais chances de obter medalhas. Por isso, foram escolhidas 21 categorias olímpicas, entre elas o judô, e 15 paralímpicas.

O judô é o esporte que conquistou mais pódios para o Brasil em Jogos Olímpicos. Foram 19 medalhas, sendo três de Ouro, três de Prata e 13 de Bronze. Entre as contrapartidas do patrocínio está a aplicação da marca Petrobras nos uniformes da Seleção Brasileira de Judô, que serão usados nas competições nacionais e internacionais.

A marca da Petrobras também será exposta no site da CBJ, na sede, no ônibus oficial dos atletas, em ações promocionais e em todas as competições nacionais organizadas pela confederação.

O patrocínio da Petrobras inclui ainda a realização do Campeonato Mundial de Judô, de 26/08 a 1º/09, no Rio de Janeiro. "Com o patrocínio ao judô, esperamos contribuir ainda mais para o sucesso do esporte, estimulando a participação de um grupo maior de atletas em competições nacionais e internacionais, o surgimento de novos judocas e o crescimento da modalidade como um todo. É uma honra para a Petrobras apoiar um dos esportes mais vitoriosos do país", lembra Graça Foster. "É um orgulho e um grande privilégio ter a Petrobras como patrocinadora da Confederação Brasileira de Judô. Retribuiremos esta confiança com o melhor desempenho da história do judô brasileiro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro", disse Paulo Wanderley Teixeira, presidente da CBJ.

Tags: