Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Pesquisa mostra crescimento de marcas de entretenimento

Por: Redação Promoview.. 30 de Julho de 2018

Assistir a filmes e séries por streaming e fazer download de música digital tem gerado o crescimento de marcas de entretenimento, como Netflix, Apple e Amazon.

Hoje, elas disputam frente a frente em esforços com os provedores de telecomunicação tradicionais, como BT e AT&T, para satisfazer os consumidores insaciáveis por conteúdo original e de entretenimento.

Em um ano em que vemos o crescimento em todas as categorias pela primeira vez, as empresas que estão envolvidas ou ativas no setor de entretenimento contribuíram para um recorde de aumento do valor da marca no último ranking BrandZTM Top 100 Most Valuable Global Brands da WPP e Kantar.

Destas marcas, a Netflix (em 61° lugar no Top 100) recebe o tratamento de tapete vermelho e surge como uma verdadeira celebridade, crescendo US$ 20,8 bilhões em valor de marca, uma alta de 73%, e subiu 31 posições no ranking BrandZ Global. Impulsionada por dados de consumo, a Netflix pôde personalizar seu serviço para sua lista crescente de 125 milhões de assinantes, oferecendo excelente conteúdo, conveniência e uma experiência de marca excepcional.

Com o benefício da crescente adoção do entretenimento na internet em todo o mundo, a Netflix pretende gastar US$ 8 bilhões em programação original, incluindo 30 produções em idiomas locais em países em todo o mundo, dando-lhe um apelo de marca verdadeiramente internacional.

De acordo com Eduardo Tomiya, CEO da Kantar Consulting para América Latina, “os serviços Over-The-Top são uma mudança de panorama, pois as redes de TV e as plataformas de vídeo on-line competem por participação de mercado. Para as marcas que seguem  em categorias de crescimento lento, como as de telecomunicações, a única solução foi derrubar as paredes das categorias tradicionais, à medida que curadores, criadores e fornecedores de conteúdo se encontram no que se tornou uma batalha épica de entretenimento para nossos olhos e ouvidos”.

O ambiente altamente competitivo traz desafios e oportunidades para marcas que buscam crescimento. A fornecedora de telecomunicações AT&T (n° 10 no Top 100) aguarda uma decisão final de um tribunal distrital dos EUA sobre a proposta de fusão de US$ 85,4 bilhões com a Time Warner, que permitiria competir diretamente com outros players, como a Disney (n°19) e Netflix. Dessa forma, irá reformular o cenário de entretenimento e telecomunicações em constante mudança.

O YouTube, em 51ª posição no ranking, cresceu 37% em valor de marca, chegando a US$ 23 bilhões, e atrai mais de 1,5 bilhão de usuários para assistirem ao seu conteúdo favorito em canais on-line populares. Recentemente, firmou uma parceria com a Ticketmaster para fornecer aos visitantes informações sobre ingresso e passeios diretamente das páginas de vídeo de seus artistas favoritos. Enquanto isso o YouTube TV, um novo serviço OTT, se tornará o lar exclusivo do LAFC, canal de streaming para jogos.

O YouTube continua inovando sua marca com o desenvolvimento de seu aplicativo do YouTube Go, uma versão móvel da plataforma projetada para ser usada em países emergentes, que não têm uma conexão de internet confiável.

Tags: elefonia-nternet-ecnologia | Pesquisa