Canal
Geral

<!--:pt-->Pequeno Príncipe no Parque do Ibirapuera<!--:-->

Por: 0 22 de Outubro de 2009

A partir de hoje (22/10), o Espaço da Oca, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, será transformado no pequeno planetinha que povoou - e ainda povoa - a imaginação e os sonhos de muitas gerações. Com realização da Luk Marcas de Valor, a cidade recebe a exposição "O Pequeno Príncipe na Oca", que pretende contar, por meio de recursos cenográficos, multimídia e interativos, a história da mais famosa obra do escritor francês Antonie de Saint-Exupéry.

principe

Direcionada ao público infantil, mas também com atrativos e mensagens propícias aos adultos, a exposição faz parte da série de eventos comemorativos do Ano da França do Brasil e marca o maior evento já realizado em todo o mundo sobre o livro, lançado em 1946 e considerado a terceira obra mais traduzida em todo o planeta (perdendo apenas para a Bíblia e para O Corão). Para contar a história do pequeno menino que, isolado em um planeta imaginário, fazia reflexões acerca da vida e dos valores humanos, a organização do evento apostou em uma cenografia que traduzisse, capítulo por capítulo, as passagens do Pequeno Príncipe. Cenários que representam os locais que o personagem visita, réplicas da cidade de Paris (local de nascimento do autor), histórias da aviação da primeira metade do século XX (já que Saint-Exupéry também era piloto), manuscritos e desenhos feitos por ele e instalações que transmitam aos visitantes a essência da obra foram materializados pela curadoria e preencherão os andares do espaço. O projeto foi desenvolvido com apoio da Sucession Antoine de Saint-Exupéry, entidade francesa que mantém as obras e a memória do autor. A adaptação da história para o público brasileiro e a curadoria do evento ficaram à cargo de Sheila Dryzun, que contou com o apoio de membros da família do autor para desenvolver a mostra. A exposição também servirá de palco para a divulgação do Passaporte do Cidadão Global, projeto Idealizado pela Associação Arte sem Fronteiras, que visa difundir uma consciência ambiental e social entre as crianças e integrar os pequenos de diversos países em ações conjuntas. A associação é presidida pela primeira dama do Estado de São Paulo, Monica Serra. "O livro tem importantes valores para as crianças. Em um dos ambientes da exposição elas poderão escrever os seus sonhos em estrelas. As idéias que ali estiverem, posteriormente, serão selecionadas e aproveitadas para o Passaporte do Cidadão", explica Monica. Visando aproveitar as mensagens de amizade, de humanismo, de preservação ambiental e de amor presentes na história de "O Pequeno Príncipe", a Unilever e o Bradesco decidiram vincular as suas marcas ao evento. Como patrocinadora oficial, a instituição financeira fornece apoio educacional à exposição através da Fundação Bradesco - braço voltado para o desenvolvimento de iniciativas culturais. Já a Unilever mesclará as marcas Omo e Kibon no universo mágico da exposição. "Faz alguns anos que seguimos um caminho consistente de vincular os valores humanos à nossa comunicação. A prioridade da marca não é mais falar dela mesma, mas sim das coisas que são importantes na vida das pessoas", comenta a gerente de marca Omo, Regina Camargo. Ela também conta que, durante a exposição, a marca convidará os visitantes a enviarem mensagens (via SMS e pela internet, por um espaço montado na própria Oca) que completem a frase "Toda criança tem direito de...". Os dizeres mais criativos serão reproduzidos em telões, no próprio espaço do evento e também serão postados no site oficial de Omo. Já a Kibon distribuirá sorvetes das linhas infantis e destacará o valor nutricional de seus produtos durante a exposição. O "Pequeno Príncipe na Oca" acontecerá até o dia 20/12, todos os dias (exceto às segundas-feiras). O valor do ingresso inteiro será R$ 18.

Tags: