Canal
Geral

Paulo Menezes assume a presidência do Recife CVB

Por: 0 20 de Abril de 2011

Depois de quatro anos à frente do Recife Convention & Visitors Bureau, José Otávio de Meira Lins deixa a entidade, que passa a ser presidida pelo organizador de eventos Paulo Menezes até 2013. Em coletiva de imprensa realizada no dia 18/04, o Recife CVB apresentou os resultados obtidos durante o mandato de José Otávio em suas duas gestões, 2007-2009 e 2009-2011, que, além de um saldo de 331 eventos captados e apoiados para Pernambuco, movimentou mais de R$ 1,148 milhão na economia local.

[caption id="attachment_109364" align="aligncenter" width="560" caption="Tatiana Menezes, José Otávio Meira Lins e Paulo Menezes."][/caption]

Nos quatro anos presidindo a entidade, José Otávio esteve no comando de ações que atraíram 724.500 turistas de eventos e negócios para a região, o que gerou mais de 1,5 milhão de diárias nos hotéis pernambucanos. De acordo com ele, "a capacitação de feiras e congressos para o Estado foi determinante para tirar Pernambuco do limbo do turismo nacional". Segundo José Otávio, em 2010, os equipamentos hoteleiros  tiveram uma ocupação média de 85% justamente por conta de feiras e congressos. De acordo com ele, hoje em dia a maior dificuldade da região é a oferta de hotéis com capacidade para receber estes tipos de eventos. Neste sentido, um dos projetos que deverão continuar na gestão de Paulo Menezes é o chamado "Arquitetur", lançado em 2010, em que todos os hotéis que serão construídos, deverão apresentar espaços de acordo com a demanda, e com capacidade para receber feiras e congressos. Para a diretora executiva do Recife CVB, Tatiana Menezes, estes novos empreendimentos terão de apresentar estes diferenciais em seus projetos. Além deste, outros projetos lançados na gestão de Meira Lins terão continuidade, como é o caso do "Pernambuco Bom pro Seu Negócio", realizado pelo RCVB e a Abih-PE (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco), ele tem como objetivo apresentar o Estado pernambucano como destino preferencial para empresas brasileiras realizarem eventos e viagens de incentivo. "Estamos nos focando muito no turismo de incentivo, é um projeto que daremos continuidade", afirmou Paulo Menezes. Segundo Menezes, o próximo passo deste projeto será a realização de um "fantur", em parceria com a TAM ainda este ano para cerca de 20 integrantes da Ampro (Associação Marketing Promocional), para mostrar roteiros turísticos da região como opções diferenciadas para viagens de incentivo e promocionais. De acordo com Tatiana Menezes, este é um projeto inovador no Brasil, e tem tudo para dar certo. "O turista de incentivo é um turista que gasta mais do que o de evento, e por isso tem que ser o ápice do encantamento. Vamos mostrar quais são os produtos de Pernambuco, e alguns que só temos aqui", afirmou. De acordo com José Otávio, o turista de incentivo é o melhor público, que gasta 15 vezes mais, e por isso precisa de produtos específicos. Em 2010, o setor gerou R$ 9 bilhões, cerca de 2,9% do PIB. Para o novo presidente, o Recife Convention & Visitors Bureau será um meio entre os produtos e o mercado, tanto o de turismo de incentivo quanto o de eventos. "O papel do CVB é movimentar a área que atua. E vamos trazer mais associados e desenvolver ainda mais a nossa estrutura. O Recife CVB tem reconhecimento nacional, o que mostra que estamos no caminho certo", finalizou Paulo Menezes. Fonte: Lidiane Ferreira, de Recife/Mercado&Eventos.

Tags: