Canal
Geral

Paratur divulga o Pará no Festival do Turismo em Gramado

Por: 0 6 de Novembro de 2013

O Pará participa mais uma vez de um dos maiores eventos de turismo, o Festival do Turismo de Gramado – Festuris, que chega a sua 25ª edição. Além de buscar oportunidades para bons negócios, o objetivo da Companhia Paraense de Turismo é divulgar e promover as principais regiões turísticas do Estado: Belém, Marajó, Tapajós, Amazônia Atlântica, Araguaia-Tocantins e Xingu. O Festuris será realizado de 07 a 10/11, no Serra Park, Centro de Feiras e Eventos de Gramado, no Rio Grande do Sul. Segundo Carlos Figueira, gerente de Promoção da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), este ano o Pará terá dois estandes no evento, um como vitrina da cultura, artesanato, gastronomia e outros produtos e outro pontuando a sustentabilidade amazônica encontrada no turismo do Pará, já que o Festuris terá como principal novidade, o lançamento do Salão de Sustentabilidade e Turismo Verde, no qual a Paratur estará presente em um espaço de 21m². Além de divulgar seus produtos turísticos, com foco principalmente no segmento natureza e cultura, o Pará também vai apresentar aos agentes de viagens e operadores o roteiro "Pará: obra-prima da Amazônia em oito dias e sete noites", que mostra inúmeras opções de atrativos e produtos turísticos em Belém, Marajó e Tapajós, regiões turísticas muito atraentes aos consumidores internacionais. O tema debatido na Festuris desde ano é “Turismo: A Vanguarda da Economia Sustentável”, onde o Pará está inserido, especialmente, por ser guardião de mais de 50% de todos os atrativos naturais do turismo da Amazônia, segundo pesquisa da Organização Mundial de Turismo (OMT). O Pará é referência, por exemplo, em riquezas naturais como  flora, fauna, praias de rios e de mar, igarapés de águas geladas. Guarda também uma culinária exótica e frutos típicos só encontrados na Amazônia. É no Pará que se encontram também as mais ricas e atraentes manifestações culturais, como o carimbó de Marapanim, a Marujada de Bragança, o Çairé em Santarém, além de danças regionais como síria, lundu, retumbão, calypso e tecnobrega. O turismo religioso tem como principal referência o Círio de Nazaré, que reúne cerca de dois milhões de pessoas todo segundo domingo de outubro, entre os quais 67,9 mil são turistas. Com 221 anos de tradição, a festa já faz parte do calendário nacional como uma das maiores procissões religiosas do mundo. Durante dois dias de intensa atividade, o Festuris recebe um público altamente qualificado a procura de bons negócios. São cerca de 14 mil profissionais de venda, 2.500 expositores distribuídos em 400 estandes, além de visitantes e caravanas internacionais de mais de 30 países. Fonte: Benigna Soares/Agência Pará de Notícias.

Tags: