Canal
Geral

<!--:pt-->Palladium com nova ferramenta de interação <!--:-->

Por: 0 25 de Maio de 2010

O Palladium Shopping Center, em Curitiba (PR), amplia ainda mais suas estratégias de marketing e relacionamento com o cliente. Neste mês, duas grandes exposições culturais são o destaque da programação de eventos do espaço, mas não são apenas simples exposições. Elas chamam a atenção pelo que há de mais moderno, tecnológico e interativo no mundo da comunicação e do marketing.

O Palladium é o primeiro shopping center do Brasil a aderir o BeeTagg, uma nova tecnologia que está sendo implantada no Brasil pela empresa PHD Mobi, que tem sede em Miami (EUA), mas que está iniciando operações no País, com escritórios em Curitiba (tecnologia) e escritório comercial em São Paulo. No Brasil, a BeeTagg já vem sendo testada nas últimas semanas por veículos de comunicação de grande porte no Brasil.

No Palladium, a ferramenta começou a ser usada para interagir ainda mais com os consumidores. “Estamos apostando nesta ferramenta para trazer mais interatividade para os consumidores e visitantes. Aqui, eles não são mais mero espectadores, eles podem participar ativamente com o BeeTagg”, explica Maria Aparecida de Oliveira, gerente de Marketing do Palladium Shopping Center. A BeeTagg está sendo usada em duas importantes ações culturais no shopping. A primeira delas é uma das maiores exposições fotográficas sobre a Copa do Mundo. Além do registro de momentos espetaculares dos jogos da Seleção Brasileira, com o BeeTagg existe a possibilidade dos consumidores, com apenas um click pelo celular, ter acesso a inúmeras informações e outras sequências de fotos exclusivas da exposição, que não estão nos painéis, como também textos narrativos com a história e bastidores de cada um dos momentos mágicos registrados pelo fotógrafo Albari Rosa. Mais do que uma tecnologia inédita, trata-se também de uma ação inédita. Nunca no Brasil uma exposição fez uso do recurso que estabelece esta condição de interatividade. Ou seja, o visitante tem a liberdade de interagir com o conteúdo. Outra ação do shopping é a união do conteúdo histórico, antigo, com a mais alta tecnologia. A exposição "Quem é o Homem do Sudário", que traz o registro histórico e científico sobre um dos maiores mistérios da atualidade e com o BeeTagg, possibilita que o visitante possa, com seu celular, acessar outras inúmeras informações históricas, científicas e fotos exclusivas. Como funciona Cada foto das exposições têm um código. Com o celular, o consumidor baixa, gratuitamente, um programa que faz a leitura do código e o remete a uma página onde poderá ver outras sessões de fotos e ler as curiosidades de cada uma delas. Assim, de maneira simples e prática, a tecnologia BeeTagg permite que sejam apresentadas aos consumidores outras informações além daquelas que estão disponíveis na exposição. Praticamente, todas as pessoas que possuam um celular com câmera digital e navegador de internet com pacote de dados, poderão interagir com a proposta. Tecnologia Bidimensional O BeeTagg é uma evolução dos códigos de leitura QR Code e Datamatrix, que atua no direcionamento do conteúdo para outras mídias — como de uma página de jornal para vídeos, fotos e áudio hospedados no site da empresa que utiliza o código. Uma grande vantagem para quem o usa, é que ele pode ser lido, diretamente, por uma câmera de celular, mesmo que contenha imagens ou vídeos. “A capacidade de armazenamento de caracteres é fantástica, fator determinante para a efetividade do sistema, explica o VP Planning da PHD Mobi, Paulo Hansted. Na Europa e EUA, o BeeTagg, por exemplo, são utilizados em placas de sinalização, selos de informação, mobiliário urbano, pela imprensa, entre outros.

Tags: