Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Promo&Activation: você conhece a nossa história em Cannes?

Por: 0. 21 de Fevereiro de 2015

A lista de jurados para o Cannes Lions 2015 já foi divulgada. Enquanto esperamos com ansiedade os primeiros dados de crescimento de Promo&Activation no Palais, resolvemos trazer de volta todos os vencedores brasileiros da categoria desde que foi lançada em 2006. Vale lembrar que o Brasil não deixou pedra sobre pedra no Palais em 2013 e conquistou pela primeira vez um Grand Prix em Promo & Activation e voltou a fazer bonito em 2014. Será que nos superaremos em 2015? Enquanto Junho não chega, mostramos aqui como foram todas as edições deste prêmio desde sua primeira edição. 2006 Jurado Brasileiro: Geraldo Rocha Azevedo (The Marketing Store).   Grand Prix: VW Cars, da Crispin+Porter+Bogusky Resultado do Brasil em P&A: 53 trabalhos foram inscritos pelo Brasil na categoria que então se chamava "Promo Lions". A ação promocional “Taça Brahma”, desenvolvida pela agência do jurado brasileiro na época, The Marketing Store, entrou no short-list com um case para a AmBev, mas não emplacou Leões. Embora com um volume pequeno de cases, já entramos competindo em grande: fomos o quarto país que mais inscreveu na categoria, atrás dos Estados Unidos (114), Alemanha (102) e Grã-Bretanha (65). 2007 Jurado Brasileiro: Geraldo Rocha Azevedo (Neogama/BBH).   Grand Prix:  Rugby Shirt Resultado do Brasil em P&A: Novamente sem Leões, porém com dois cases do País entre os finalistas: "Cadeado", da Loducca para a Fort Knox; e "Camisetas", da McCann Erickson para a escola de idiomas Yázigi. "Houve uma evolução grande na qualidade das inscrições mundiais e brasileiras na premiação em relação à sua primeira edição, ano passado", afirmou Rocha Azevedo durante a coletiva de imprensa de Promo em 2007. O jurado ressaltou, ainda, a execução impecável de várias campanhas. De toda a forma, não foi este o critério mais valorizado, razão pela qual muitas ações promocionais bem executadas não foram sequer finalistas. Nessa época, o Festival, que ainda era de publicidade, estava muito orientado para privilegiar as ideias. "O diferencial de Cannes é a ideia (da campanha publicitária). Nesta era globalizada, insights podem vir de qualquer lugar. A diferença está no que você faz com os insights e como você os utiliza para encontrar uma ideia que realmente engaje o consumidor. Cannes oferece uma oportunidade única de mostrar ao mundo as ideias que melhor conectam o consumidor e a marca", avaliou o jurado. 2008 Jurado Brasileiro: Mentor Muniz Neto (Bullet)   Grand Prix: HBO Voyeur

Resultado do Brasil em P&A: Pela primeira vez o marketing promocional brasileiro mostra a cara no Palais. Defendidos pelo jurado brasileiro Mentor Muniz Neto, trouxemos para casa dois Bronzes para o case "iPod no Palito", da Bullet para a linha Frutare, da Kibon, nas subcategorias bens de consumo rápido e embalagens promocionais. Também o case "Decalques para ninhos de passarinho", criado pela FabraQuinteiro para a Organização Brasileira de Meio Ambiente, trouxe um Bronze para o Brasil. Um terceiro case também ficou em short-list, porém não emplacou leões: Door Stopper, da Giovanni+DraftFCB para a Bistol-Myers Squibb. 2009 Jurado Brasileiro: Marcelo Heidrich (Ponto de Criação).     Grand Prix: Yubari Resorts Resultado do Brasil em P&A: Marcelo Heidrich, o nosso homem no Palais em 2009, deu eco à importância da categoria durante a coletiva de imprensa: "Promo está entrando numa fase de extrema importância e é muito estratégica para o festival. Categoria em que o mundo inteiro quer sair vencedor, que dizer que sabe fazer". Ficamos em short-list com dois cases: Postcard IHDI, da MRM Worldwide para a Estação Bem-Estar e com Comedy Classics da Leo Burnett para a Warner Home Video DVDs. Não ganhamos leões em 2009. 2010 Jurado Brasileiro: Marcos Lacerda (Momentum Promoções).       Grand Prix: Replay, Gatorade Resultado do Brasil em P&A: Se começamos o Promoview coincidentemente no ano em que a categoria Promo passou a ser julgada separada de propaganda, encaramos uma nova surpresa em 2010. No nosso primeiro ano cobrindo exclusivamente Promo no Palais, Cannes deixa de se chamar Festival de Publicidade para virar Festival de Criatividade. Uma mudança importante não apenas para Promo, mas para todas as demais disciplinas do marketing e da comunicação, representadas por numerosas agências pequenas e independentes pelo mundo. De toda a forma, quem abocanhou Leões em 2010 foi a Ogilvy. Dos 55 prêmios distribuídos para a categoria renomeada Promo & Activation, a Ogilvy trouxe três de Bronze para o Brasil: dois para a ação ” Conta de R$ 73 mil”, e um para Wooper Face. Além dos vencedores, também entramos em short-list com Braskem F1 Trophy, da W. Marcos Lacerda nos contou detalhes do júri de P&A com exclusividade. 2011 Jurado Brasileiro: Fernando Figueiredo (Bullet). Grand Prix:  ROM, Candia Dulce Resultado do Brasil em P&A: Entre os 175 finalistas de Promo & Activation em 2011, nove eram cases brasileiros. Parental ControlDrunk Vallet e a campanha do elevador da Fanta, da Ogilvy Brasil; Fox Comments para a Volkswagen, Alephtweets, para o site do escritor Paulo Coelho e  Street Art View, para a Red Bull - todas da AlmapBBDO; Zafira Echoes, da Salles Chemistri para General Motors e Pedra/Galho/Água, da Leo Burnett para Chrysler competiram na categoria, elevando a Promo & Activation brasileira à sexta posição do ranking de short-list Promo desta edição do Festival. Apesar de um bom short-list, saímos da Riviera com apenas dois leões: a primeira prata brasileira na categoria para Drunk Valet – Bar Aurora-Boteco Ferraz e bronze para Parental Control – Band Sports, ambos trabalhos da Ogilvy. 2012 Jurado Brasileiro: Anselmo Ramos (Ogilvy). Grand PrixSmall Business Saturday Resultado do Brasil em P&A: Em comparação com os demais anos, a única conclusão com relação a 2012 é: arrasamos! Trouxemos os primeiros dois Ouros, duas Pratas e quatro Bronzes. Três destes prêmios para a Ogilvy, o que foi motivo de críticas para o jurado Anselmo Ramos. Mas, justiça seja feita, foi sob a sua batuta na defesa dos cases brasileiros que trouxemos mais Leões para o Brasil em P&A, pela primeira vez nas sete edições da categoria. Confira aqui todos os ganhadores e finalistas de 2012. 2013 Jurados Brasileiros: Moacyr NettoMoa Netto

Mario D'Andrea. Mario D'andrea

Grand Prix: Imortal fans (Ogilvy Brasil) Resultado do Brasil em P&A: Conquistamos tudo o que podia ser conquistado!! GP em Promo & Activation além de cinco Ouros e cinco Bronzes. Cique aqui e confira aqui todos os ganhadores e finalistas de 2013.Ogilvy conquistou tudo, em todas as categorias,e acabou se tornando a agência do ano, coroando o trabalho do Anselmo Ramos, Fernando Musa e sua equipe. Com experiência de uma década fora do Brasil, a dupla elencou como prioridade na agência mudar a percepção criativa da Ogilvy e o caminho escolhido para isso foi o de ser a agência brasileira mais premiada em Cannes. Clique e veja a entrevista que foi feita com os jurados brasileiros logo após a divulgação do resultado e mostrada ao vivo, por live streaming direto do Palais para o Brasil, clicando aqui Em 2014, a  celebração do egoísmo na Campanha de Natal da Harvey Nichols, sugeria dar presentes baratinhos aos amigos e família para poder investir mais nos próprios presentes. Esta foi a grande agraciada na categoria Promo & Activation. Entre os brasileiros que voltaram com Leões para casa está uma bonita ação dos quadrinhos carecas para o Graacc, que rasparam a cabeça de personagens infantis como forma de apoiar um carequinha que está se tratando de câncer. Os outros destaques nacionais foram o enterro do Bentley de Chiquinho Scarpa, que incentivava a doação de órgãos; a campanha #somostodosmacacos fez de Neymar o sensacional Falando Câmbio CNA, conectava idosos norte-americanos com jovens estudantes no Brasil. Em 2015, o jurado de Promo & Activation será Julio Anguita, sócio-diretor da Babel.

Tags: