Canal
Geral

Organização da Expoacre debate a segurança no evento

Por: 0 20 de Junho de 2014

Responsáveis pela organização da feira agropecuária Expoacre 2014, reuniram-se com representantes da Segurança Pública do Acre, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC) e da Promotoria de Defesa do Consumidor do Ministério Público Estadual (MPE) no dia 18/06, no auditório do Órgão. Na ocasião, foram discutidas as principais medidas adotadas para garantir o bom andamento da festa este ano, marcada para ser realizada entre os dias 26/07 a 03/08, no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, em Rio Branco.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_403623" align="aligncenter" width="533"]Expoacre 2013. Expoacre 2013.[/caption] "Todas as instituições que estão aqui, Polícia Civil, Militar, Vigilância Sanitária e Polícia Rodoviária Federal [PRF] vão fazer sua parte para que a festa seja bonita e que haja segurança e respeito à vida das pessoas que estarão presentes no evento", afirma a procuradora de Defesa do Consumidor, Alessandra Marques. Uma das definições foi a proibição da venda de bebidas em garrafas e uso copos de vidros. A regra foi estabelecida, segundo Alessandra, visando evitar ocorrências semelhantes às registradas no ano passado. "A organização do evento e o governo do Estado já garantiram que não vai haver nenhuma comercialização deste material para que este ano nós não tenhamos 'chuvas de garrafas'", destaca Alessandra. Serão reforçadas também a fiscalização do comércio informal e a venda de alimentos, principalmente, do lado de fora do Parque de Exposições Marechal Castelo Branco. "Todos os vendedores do lado de fora, que não tiverem as autorizações necessárias de todos os órgãos deverão ser retirados. O ideal é que haja o menor número possível de comércio, porque além de colocar em risco a segurança e a saúde das pessoas, ainda atrapalha o trânsito", explica a promotora. Segundo Dudé Lima, da organização da feira, a ordem é não deixar aqueles que não possuem autorização se instalarem. "Nós temos uma política para os ambulantes na feira, mas o Parque de Exposições chegou ao seu limite. Nós temos em torno de 250 ambulantes e não temos mais como acomodar nenhum. Portanto, do lado de fora, nós também temos que ter uma organização", informa. Segurança Além do reforço da segurança na entrada, este ano será instalada novamente uma delegacia dentro do parque. "O objetivo é que tenhamos uma feira com mais tranquilidade do que tivemos nos anos anteriores. A instalação da delegacia ajuda, porque evita o deslocamento, sobretudo, nos horários de trânsito intenso, que é a nossa maior dificuldade. Então, os policiais que estão dentro vão poder conduzir possíveis pessoas detidas para dentro do parque mesmo", explica o comandante-geral da Polícia Militar, coronel José Anastácio. Durante a tradicional Cavalgada 2014 e também durante a feira agropecuária, crianças e adolescentes, menores de 18 anos de idade, deverão usar uma pulseira de identificação. A medida visa impedir o contato desses menores com bebidas alcoólicas.

Tags: