Canal
Geral

Odebrecht restaura trecho da Mata Atlântica

Por: 0 17 de Julho de 2012

No dia 12/07, a Odebrecht Realizações Imobiliárias (OR) promoveu o plantio de mil mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, restaurando cinco mil m² do Parque Sauípe, no litoral norte da Bahia. A iniciativa foi um ato simbólico em comemoração à marca de dez mil fãs que a empresa atingiu no Facebook. A ação contou com o apoio do Projeto Fábrica de Florestas, do Instituto Corredor Ecológico Costa dos Coqueiros (Incecc).

As mil mudas plantadas no Parque Sauipe são de espécies nobres nativas da Mata Atlântica, como Ipê, Sucupira, Massaranduba, Tambaípe, Embiruçu, Landirana e Jacarandá. Além de patrocinar o plantio de espécies de grande beleza paisagística, a OR também propiciará um acompanhamento monitorado das mudas ao longo de dois anos, garantindo o desenvolvimento das espécies plantadas. [caption id="attachment_211359" align="aligncenter" width="562" caption="Mudas que serão plantadas no Parque Sauípe."][/caption] “A ação da OR é importante para a promoção da valorização do patrimônio local e para o incentivo à conservação da mata nativa”, declara Loyane Borges, engenheira florestal do Projeto Fábrica de Florestas. Os aspectos de melhoria da qualidade do solo, da água e do ar também resultam da iniciativa da OR. Em termos de sequestro de carbono, cinco mil m² de Mata Atlântica restaurada representa 180 toneladas de CO2 retirados da atmosfera ao longo de 20 anos.

"A OR alcançou os dez mil fãs numa velocidade maior do que esperávamos. Nada mais justo, então, do que homenagear esses fãs colaborando para o bem-estar do planeta com o plantio das mil mudas. Um pequeno gesto que marca o início de uma grande caminhada", afirma Leonardo Maia, gerente de Comunicação da OR. O Parque Sauípe tem 66 hectares de Mata Atlântica e abriga uma fauna silvestre com mais de 280 espécies catalogadas, entre pássaros, répteis e pequenos mamíferos. Ele é composto por bosques com sucupiras, palmeiras, cajueiros, mangabeiras, biribeiras, ingazeiros, ipês, além de trechos de restinga, representando a rica biodiversidade local.

Tags: