Canal
Geral

O que faz com que publicitários mudem de profissão?

Por: WLC 13 de Maio de 2016

 Em parceria com a empresa americana 4A’s (Associação de Agências de Publicidade dos Estados Unidos), o LinkedIn fez uma pesquisa que revelou que o deslocamento dos publicitários para outras áreas é maior em comparação a outras áreas como tecnologia, varejo e empresas de consumo.

O principal motivo apontado pela pesquisa, é a falta de oportunidade para crescer na carreira. De acordo com o estudo, 54% das pessoas que alegaram ser esse o maior motivo, já deixarem de trabalhar em agências. Esse resultado está 9% acima da média em comparação aos números de outras áreas que também citaram esse ponto como agravante. “São coisas que a gente escuta há muitos anos, mas agora as estatísticas mostram que existe um problema de imagem na indústria publicitária”, diz Nancy Hill, presidente da 4A’s. Para uma indústria que sobrevive por vender uma imagem aos consumidores, é estranho ter uma taxa de turnover tão alta.

Em contraponto, dentro das empresas tem sido cada vez mais valorizado programas de incentivo aos funcionários. Esse pode ser um caminho para que o resultado da pesquisa que hoje, mostra que 46% dos entrevistados não se sentem motivados pelos líderes das agências, seja outro. Criar projetos que estimulem a produtividade e desafie os profissionais tanto de publicidade, como os de demais áreas, é uma opção para que os colaboradores se sintam desafiados, reconhecidos e valorizados no ambiente de trabalho. 

Em uma era em que exigimos que as marcas sejam transparentes, ser honesto com sua equipe também é essencial para criar um laço forte e produtivo. Abrir o jogo sobre a situação atual da empresa, projetos futuros e o que os gestores esperam da equipe, é envolver os colaboradores e fazer com que eles se sintam parte desse time. Deixá-los informados é um caminho para os motivar a crescer ao lado da empresa. E em conjunto a essa postura, o caminho contrário também é válido e esperado. Ou seja, os profissionais também querem ser ouvidos em feedbacks e poder opinar em projetos internos, como programas de incentivos, por exemplo, que tem como público-alvo os próprios colaboradores. Segundo o estudo do LinkedIn, a melhor maneira de contornar essa situação negativa apontada pelo estudo, é valorizar a honestidade na relação com os profissionais da sua companhia. 
 

Tags: Profissional de Mídia