Canal
Geral

O mundo corporativo em prol da sustentabilidade

Por: 0 6 de Outubro de 2014

Por Eduardo Macedo. Análise feita pela Universidade de Harvard mostra a performance das empresas de diversos setores, portes e estruturas de capital atuando em prol da sustentabilidade no universo corporativo. O estudo aponta que 90 empresas que se preocupam com meio ambiente e desenvolvem ações sustentáveis apresentaram as melhores taxas de retorno em um período de 18 anos. • Valorização de Patrimônio: Alta Sustentabilidade: 33x / Baixa Sustentabilidade: 26x. • Retorno 1992 - 2010: Alta Sustentabilidade: 7x / Baixa Sustentabilidade: 3,5x. Sustentabilidade-Sala-do-Marketing A National Geographic Society também fez um estudo que analisa o comportamento dos consumidores em 17 países. O resultado foi que o consumidor brasileiro é o terceiro mais consciente, perdendo apenas para os indianos e chineses. O perfil do consumidor socialmente consciente é mais jovem e verde: 63% mais novos que 40 anos de idade e 66% pensam que empresas devem apoiar o meio ambiente. Outro dado bacana foi visto em um estudo recente da Accenture que descobriu que um terço das empresas estão correndo para acompanhar a demanda dos seus consumidores por produtos “verdes”. Isso mostra que cerca de 60% afirmam que eles cobram mais por esses produtos, com um adicional de até 25%. Esses dados comprovam que o consumidor está cada vez mais consciente e bem informado sobre os efeitos ambientais e processos produtivos sustentáveis, e está disposto a pagar mais caro por marcas associadas a uma atitude positiva em relação ao meio ambiente. Para o consumidor brasileiro, a maior referência para definir sustentabilidade é preservação ambiental. Em 2005, apenas 9% das empresas eram consideradas sustentáveis com a preservação ambiental. Em 2012 já somavam 39% das empresas consideradas sustentáveis pela preservação ambiental. O mundo corporativo ganha muito com ações voltadas para sustentabilidade, não apenas ajudando a melhorar o planeta, mas os benefícios de investir em meio ambiente estão no ganho da reputação da marca no aumento da vantagem competitiva. Há alguns anos, ser sustentável no mundo corporativo era considerado um diferencial. Entretanto, atualmente, é indispensável que a empresa encare a sustentabilidade como parte da estratégia e planejamento corporativo. Nesse contexto, surgiu o conceito de sustentabilidade corporativa, cuja atuação é apresentar resultados econômicos, minimizar impacto ambiental e melhorar o relacionamento da empresa com a sociedade. A empresa que estabelece a política de sustentabilidade integrada à estratégia e planejamento consegue atrair e fidelizar os clientes conscientes, agregando um valor imensurável à marca concomitante à minimização da degradação ambiental. Vale ressaltar que é necessário um investimento constante e gradual em relação à sustentabilidade com o intuito de aplicar desde a fase de planejamento de marca, produto ou serviço e seja expandida para os processos empresariais até a aquisição pelo consumidor final. Conscientizando seus consumidores as empresas fazem sua parte por um mundo melhor.
 

Tags: