Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

O meu evento é um Simpósio, tá! Humm, e daí?

Por: 0. 26 de Julho de 2011

Você já deve ter recebido convites para participar de seminários, conferências, congressos, fóruns, painéis, convenções...

Até aí, tudo bem. Mas imagine que você trabalha numa Agência Promo e alguém te manda um briefing tipo: crie o roteiro para um Seminário.... Pronto. E agora?

Pois é. É até provável que você tenha participado desses eventos sem saber a diferença entre um fórum e um seminário ou entre conferência e painel. Mas, caraca!, não foi você quem criou o evento nem era o responsável pela criação da logística e do roteiro dele.

Pois seus problemas acabaram!

Tabajareando o slogan, nós do Promocitários vamos te dar uns toques sobre a diferença desses tipos de encontro, até porque, não fique triste, um grande número de profissionais do mercado mesmo não sabe bem o que significa um ou outro e as diferenças entre eles.

Bom, todos esses eventos são encontros entre pessoas com o objetivo de trocar conhecimentos. Mas há sim diferenças entre eles.

Como saber não faz mal a ninguém e a gente pode precisar desse conhecimento no nosso dia-a-dia, convém que saibamos as diferenças entre eles, a partir da explicação dada por Isabel Estrella, gerente da IBC Brasil (International Business Communications), empresa inglesa especializada em eventos:

Conferência: É uma apresentação de um especialista em determinado assunto. Normalmente, ele faz “sozinho” a palestra. Não há necessidade de haver debate ao final da apresentação já que o convidado de uma Conferência é o referencial do assunto. Ou seja, é pra ouvir e guardar o conteúdo.

Congresso: É um conjunto de palestras e sessões plenárias. Pressupõe a participação de públicos com formação diferenciada (de especialistas a leigos interessados em saber. Um congresso sobre gestão de empresa pode reunir alunos, professores e executivos). Em geral, há uma discussão aberta entre a plateia e o palestrante. Tudo o que acontece num congresso é, geralmente, gravado e transformado num documento final. Há também uma programação social paralela que pode incluir feiras, festas, exposições etc.

Convenção: Funciona como um congresso, mas o público é diferente. Na convenção, há uma ligação entre os participantes. Eles se envolvem nas atividades. Por exemplo: uma convenção sobre Tendências do Marketing Promocional (como o Promo Tendências, realizado há pouco pelo Capítulo Nordeste da AMPRO) reúne apenas profissionais do Mercado Promo.

Debate: É uma discussão entre dois ou mais oradores que defendem opiniões divergentes. Em geral, é uma discussão mais emocional. O público pode ou não participar. Um mediador dita as regras e faz com que os oradores as cumpram. Exemplo: debate político.

Fórum: É uma reunião menos formal em que há um livre debate de ideias com interação maior entre palestrante e público, que pode ser diverso, mas, normalmente, comungam do mesmo interesse focal. Exemplo: um fórum sobre meio ambiente pode reunir representantes dos sindicatos, da vigilância sanitária e dos governos federal e estadual.

Painel: Os temas abordados nesse evento não são uniformes. Um exemplo seria um painel sobre a empresa do terceiro milênio com a presença de profissionais de várias áreas para falar sobre mudança no trato com o cliente, condições de trabalho e soluções tecnológicas.

Seminário: Encontro de especialistas em um assunto específico. Eles apresentam um estudo sobre o tema e depois debatem com a plateia, que tem quase o mesmo nível de conhecimento que os palestrantes. O moderador deve ser um especialista e pode participar fazendo perguntas.

Simpósio: Tem as mesmas características de um seminário, mas o moderador não interfere. Nesse caso ele não precisa ser um especialista.

Workshop: É um treinamento, em que há discussões de casos práticos e participação intensa do público, portanto, deve ser feito em grupos pequenos. É utilizado para aprofundar um tema.

É isso. Se você quer saber alguma coisa sobre o mercado que te deixa na dúvida, mande sua mensagem que a gente corre atrás para responder.

Tags: