Canal
Geral

O mercado de eventos – por Márcio Ribeiro

Por: 0 22 de Abril de 2011

Márcio Ribeiro, da agência Mar Eventos, publicou no seu blog um interessante apanhado de conceitos “populares” sobre os produtores de eventos. Promoview reproduz as dicas para os seus leitores. 1) PRODUTOR DE EVENTOS dorme. Pode parecer mentira, mas PRODUTOR DE EVENTOS precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa. 2) PRODUTOR DE EVENTOS come. Parece inacreditável, mas é verdade. PRODUTOR DE EVENTOS, também precisa se alimentar e tem hora para isso. 3) PRODUTOR DE EVENTOS pode ter família. Essa é mais incrível de todas: mesmo sendo um PRODUTOR DE EVENTOS, a pessoa precisa descansar no final de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar de shows, propostas,  orçamentos … 4) PRODUTOR DE EVENTOS, como qualquer cidadão precisa de dinheiro. Por essa você não esperava, é surpreendente, mas PRODUTOR DE EVENTOS também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Lexotan para conseguir relaxar… 5) Ler, estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. 6) De uma vez por todas, vale reforçar: PRODUTOR DE EVENTOS não é vidente, não joga tarô, nem tem bola de cristal. Ele precisa planejar, consultar fornecedores, fazer visita técnica … para poder maturar as propostas e superar as expectativas. Se você quer um milagre, tente uma macumba e deixe o pobre do PRODUTOR DE EVENTOS em paz. 7) Em reunião de amigos ou festas de família, o PRODUTOR DE EVENTOS deixa de ser PRODUTOR DE EVENTOS e reassume seu posto de amigo ou parente, exatamente como era antes dele ingressar nesta profissão. Não peça conselhos, dicas… ele tem direito de se divertir. 8 ) Não existe, apenas, um eventozinho – qualquer evento tem projeto, requer atenção, dedicação, precisa ser pensado, estudado, analisado e, claro, cobrado. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas servem para tornar a vida do PRODUTOR DE EVENTOS mais suportável. 9) Quanto ao uso do celular: celular é ferramenta de trabalho. Por favor, ligue, apenas, quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o PRODUTOR DE EVENTOS pode estar fazendo algumas coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo. 10) Pedir o mesmo orçamento 15 vezes não vai mudar a resposta. 11) Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até às 12h, não significa que você pode ligar até às 11h55. Se você pretendia cometer essa gafe; ligue depois do almoço. O mesmo vale para a parte da tarde: ligue no dia seguinte. 12) Na hora de aprovar o orçamento ou alguma peça, lembre que urgente é urgente, e neste caso a resposta deve voltar em menos de 24h. Lembre que quando você precisar de alguma coisa urgente, o prazo considerado pelo PRODUTOR DE EVENTOS deverá ser o mesmo. 13) Quando PRODUTOR DE EVENTOS estiver apresentando um projeto, por favor, não fique bombardeando com milhares de perguntas durante o atendimento. Isso tira a concentração, aém de torrar a paciência. ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o projeto. 14) Quando for elaborar um briefing coloque todas as informações necessárias. O PRODUTOR DE EVENTOS não é vidente. Indique também qual a verba disponível. Fica muito difícil criar alguma coisa sem saber quanto se pode gastar. E lembre que boas ideias custam caro… 15) O PRODUTOR DE EVENTOS não inventa os custos e nem ganha comissão sobre os serviços contratados. Por isso, não pechinche! Lembrete: cara feia na hora de assinar cheque não diminui o que você tem que pagar. Se queria pagar menos, deveria ter feito você mesmo. 15) Os PRODUTORES DE EVENTOS não são os criadores do ditado “O barato sai caro”!!! 16) E, finalmente, PRODUTOR DE EVENTOS, também é filho de DEUS e não filho disso que você pensou…

Fonte: http://www.mar-eventos.blogspot.com/

Tags: