Canal
Geral

O mercado de eventos no Brasil em números

Por: 0 17 de Novembro de 2014

Muito se falou sobre o mercado de eventos no Brasil nesse ano, principalmente por causa da realização da Copa do Mundo que aconteceu entre os meses de junho e julho, e das Olimpíadas que serão realizadas em 2016, no Rio de Janeiro. O mercado de eventos no Brasil está em alta, pelo menos é o que mostra o relatório “2º Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos”, uma iniciativa da Associação Brasileira de Empresas de Eventos – Abeoc Brasil e do Sebrae Nacional, por intermédio do Programa de Qualidade Abeoc Brasil, com apoio da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e ForEventos (Fórum do Setor de Eventos).

Foto: Reprodução/Google.
eventosSegundo o relatório divulgado no dia 14 de outubro, durante o ano de 2013 foram realizados 590 mil eventos no País, com um total de 202,2 milhões de participantes e R$ 209,2 bilhões em receitas – o equivalente a 4,32% do PIB do País no período. O valor representa também um crescimento de 460% em relação ao ano de 2001, utilizado como base no último levantamento equivalente. Em matéria publicada na Folha de S. Paulo, em 22 de setembro de 2014, diz que, de acordo com pesquisa feita pelo Observatório do Turismo da Universidade Federal Fluminense, a pedido da Abeoc, o mercado de eventos movimentou R$ 59 bilhões no ano passado, e, considerando gastos indiretos, o setor gerou um impacto de 209,2 bilhões na economia brasileira. Quando se fala em números, ainda há muita controvérsia sobre o quanto esse mercado movimentou. Várias pesquisas são feitas, no entanto, os valores totais gerados mostram algumas diferenças. Mas, um fato é certo, a geração de empregos é muito grande e o setor está em ascendência. De acordo com o Relatório, a Região Sudeste continua sendo o principal polo, abrigando 52% do total de eventos (305,7 mil) e 53% do público (106,2 milhões). O segundo lugar é dividido entre as regiões Nordeste, com 116,3 mil eventos (20% do total); e Sul, com 37,3 milhões de participantes (18% do total). eventos infograficoIndependentemente dos números, um fato é certo: a indústria de eventos abriu grandes oportunidades para o mercado promocional. Só no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, realizado entre os dias 30 de outubro e 9 de novembro no Anhembi, foi possível ver um grande número de agências de live marketing em ação para as mais diferentes marcas do setor de automobilismo. estande nissan salao automovel As feiras de negócios de uma forma geral são uma grande oportunidade para as agências promocionais mostrarem o seu potencial. Cada vez mais as marcas estão investindo em seus estandes, apostando na interatividade com o seu público-alvo, e, sendo assim, a contratação de profissionais especializados tem sido cada vez maior. A Copa do Mundo gerou frustração para muitas agências. Os eventos gerados ficaram aquém das expectativas, no entanto, em contrapartida, a realização de feiras de negócios, como o Salão do Automóvel, por exemplo, deram um fôlego a mais para elas. Por Antonia Goularte. CTA anuário BANNER GERAL

Tags: