Canal
Geral

O 'biscoito fino' da cinefilia em exibição no Cine Santander

Por: 0 1 de Outubro de 2013

O ciclo que o Cine Santander exibe a partir do dia 01/10 até 01/11 contém o 'biscoito fino' da cinefilia. São 19 títulos sobre relações apaixonadas com o cinema, dos espectadores para com os filmes, dos fãs para com os cineastas, dos próprios cineastas para com seus colegas de profissão. “Dez desses 19 não foram lançados no Brasil nem em DVD”, observa o programador João Pedro Fleck, ressaltando o quanto é rara a oportunidade de vê-los na sala de cinema. Há, entre eles, uma preciosidade de Woody Allen sobre o cinema como válvula de escape para a vida medíocre - A Rosa Púrpura do Cairo-, um documentário impressionante que a mulher de Cop­pola decidiu fazer ao constatar a loucura das filmagens de Apocalypse Now (O Apocalipse de um Cineasta) e duas das maiores obras-primas sobre os bastidores e os processos do cinema (O Desprezo, de Godard, e Crepúsculo dos Deuses, de Billy Wilder). São 18 longas e uma décima - nona declaração de amor ao cinema em forma de curta-metragem: Os Filmes Estão Vivos (Brasil, 2013). Vencedor de dois Kikitos na mostra nacional do Festival de Gramado, o documentário de Fabiano de Souza e Milton do Prado terá sessões a partir do dia 19/10. Trata-se de um filme-homenagem que acompanha o decano da crítica gaúcha Enéas de Souza (pai de Fabiano) em uma de suas muitas viagens cinéfilas a Paris.      

Tags: