Canal
Geral

Netflix chega à China em parceria com o Baidu

Por: Meio e Mensagem 29 de Abril de 2017

Com o objetivo de seguir seu plano de expansão, a Netflix assinou contrato de licenciamento com o serviço de streaming de vídeo iQIYI, controlado pela empresa de buscas Baidu.

A novidade dá acesso à China, único mercado de cinema que escapou da plataforma americana além da Coreia do Norte. “Todas as parcerias estrangeiras da iQIYI irão aderir estritamente aos regulamentos chineses sobre as importações de filmes e TV”, disse Yang Xianghuang, vice-presidente sênior da iQIYI, segundo informações da Bloomberg News. O serviço chinês já possui acordos com a BBC, Paramount Pictures e Lionsgate.

As empresas ocidentais de mídia e tecnologia têm tentado entrar no lucrativo mercado da China há anos – uma vez que o conteúdo é fortemente censurado por Pequim. Este é o caso de Google e Facebook que estão bloqueados no país. No ano passado, os serviços iBooks e iTunes Movies da Apple ficaram off-line, menos de sete meses depois de serem lançados. A DisneyLife, uma joint venture da Walt Disney Co., deu aos clientes chineses acesso a filmes, shows, jogos e e-books, por meio do parceiro Alibaba Group.

No último fim de semana, a Netflix ultrapassou 100 milhões de assinantes, em todo o mundo, sem o benefício dos telespectadores da China – a iQIYI possui mais de 20 milhões de pagantes. Em 2016, o serviço expandiu-se para 130 países. Após o anúncio, as ações da Netflix subiram 5,8%, nos Estados Unidos, já as do Baidu subiram 3,9%.

O licenciamento abrange séries como “Black Mirror”, “Stranger Things” e “Mindhunter”. A produção “House of Cards” está de fora do acordo da Netflix, já que Pequim censurou sua exibição pelo serviço de vídeo online Sohu, que tinha comprado seus direitos de transmissão na China continental.

Tags: Espaço Físico | Telefonia/Internet/Tecnologia | Lançamento de Produto