Canal
Geral

Nat Geo Run recebe os selos “Evento Neutro” e “Sou Resíduo Zero” em sua 1ª edição no Brasil

Por: Assessoria 15 de Maio de 2017

O dia 23 de abril de 2017 foi o marco da primeira edição da NAT GEO RUN no Brasil, que aconteceu no Jardim Botânico, em São Paulo. O evento recebeu os “Selos Evento Neutro” e “Sou Resíduo Zero” por assumir o compromisso de avaliar alternativas para reduzir e compensar todo o impacto ambiental do evento, relacionados às emissões de gases de efeito estufa e geração de resíduos.

De acordo com o parceiro da NAT GEO RUN, Eccaplan Consultoria em Sustentabilidade, as seguintes fontes de emissões de gases estufa foram analisadas pós- evento, considerando toda a infraestrutura necessária e o deslocamento de todos os envolvidos durante o período da corrida, montagem e desmontagem:

Consumo de óleo diesel (90 litros);

Energia da rede (16 kwh);

Deslocamento de cerca de 2000 participantes e 90 pessoas de staff (640 km rodados por caminhão baú, resultando em 0,236 ton de CO2, e 37.440 km rodados por carros, resultando em 7,182 ton de CO2).

O total dessa análise resultou em 7,420 ton de CO2, e todos esses gases foram compensados com o apoio à projetos ambientais brasileiros certificados, na forma de compra de 8 créditos de carbono* (cada tonelada corresponde a um crédito) proveniente dos projetos Cerâmicas Arrozal, GGP e Sul América - localizados em Arrozal, no Piraí (RJ) - e Ecomapuá Amazon (REDD) - localizado na Ilha de Marajó (PA).

Esta compensação faz parte do programa Evento Neutro, que apoia projetos que geram benefícios ambientais mensuráveis e passam por processos de verificação/auditoria externa, de acordo com as regras estipuladas nos mercados de carbono.

Não houve emissões provenientes a resíduos, uma vez que o evento contou com a gestão de resíduos, “Sou Resíduo Zero”, que destinou corretamente os materiais descartados durante o evento para reciclagem e/ou compostagem.

De acordo com a Eccaplan Consultoria em Sustentabilidade, foram reciclados e compostados 40kg de papelão, 52kg de plástico, 12 kg de tetrapack e 65 kg de resíduos orgânicos. Através dessa ação o evento não precisou de caçambas de lixo. Além disso, foram doadas 500 mudas de tempero (salsinha, manjericão, hortelã, alecrim, etc) aos participantes.

A cada ano a NAT GEO RUN, corrida com a marca National Geographic, convoca milhares de pessoas em diferentes países ao redor do mundo com intuito de estimular a prática esportiva, e também de conscientizar as pessoas sobre a necessidade em se preservar o meio-ambiente, a importância no manejo dos recursos naturais da Terra, promovendo mudanças significativas nos hábitos cotidianos que contribuam para deixar o legado de um mundo melhor às futuras gerações.

O local escolhido para o evento possui uma área de 360 mil m² de mata atlântica e abriga 380 espécies de árvore, utilizadas para fins de pesquisa e conservação. Além da vegetação, é possível observar animais raros como o tucano de bico verde, bugios e roedores, que vivem livremente na flora.

A primeira corrida NAT GEO RUN aconteceu nas Filipinas em 2010 e desde então tem se replicado globalmente. Neste ano as provas serão realizadas simultaneamente em sete países diferentes: Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Guatemala, México e Peru.

 

Tags: Sustentabilidade | Responsabilidade Social | Evento Convenção | Profissional de Mídia