Canal
Geral

Mundial Art movimentou 1,5 milhão em Manaus

Por: 0 12 de Agosto de 2014 03:34

A Mundial Art - Feira Internacional de Artesanato e Cultura, realizada no Manaus Plaza Centro de Convenções, movimentou R$ 1,5 milhão, em vendas e na geração de mais de 200 empregos diretos e indiretos, 20% a mais do que no ano passado. O balanço é dos organizadores do evento, que começou no dia 1º/08 e encerrou no dia 10/08, recebendo no total 20 mil visitantes. Somente no domingo, dia de encerramento da feira, passaram pelo local quatro mil pessoas. Esta é a segunda edição da Mundial Art. A feira de negócios contou com 104 estandes, com produtos de artesanato, moda, decoração e produtos culinários. A coordenação do evento é da Associação do Bem Estar dos Artesãos Cearenses. mundial art em manausA avaliação dos coordenadores é que o evento superou as expectativas e contribuiu para isso a localização do evento e a estrutura do Manaus Plaza Centro de Convenções. De acordo com a organizadora da Mundial Art, Lemácia Muniz, a feira comercializou mais de 15 mil itens e trouxe novidades, como móveis vindos da Europa, Egito e Índia. Na parte de gastronomia, doces caseiros, frutas cristalizadas, castanhas, queijos, salames e vinhos do Rio Grande do Sul. Também  bijuterias feitas a partir de folhas, pedras e outros elementos naturais do Brasil. As peças de artesanato que foram expostas são oriundas de países como Brasil, Rússia, Índia, Turquia, Paquistão, Egito, China, Japão, Emirados Árabes, Síria, Peru, Bolívia, Equador, Chile, República Tcheca, França, Quênia, Itália, Filipinas, Coréia, Tailândia, África do Sul e Senegal. Do Brasil, foram expostos produtos dos Estados do Amazonas, Ceará, Alagoas, Roraima, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins. A Mundial Art tem se destacado como uma oportunidade para os artesãos brasileiros projetarem suas criações para o mundo. "A Feira tem como objetivo principal mostrar a cultura, a diversidade, a criatividade e a originalidade dos artesãos do mundo, assim como valorizar e estimular o artesanato local  por meio de intercâmbio", explica Lemácia.

Tags: