Canal
Geral

Muito além dos ovos de Páscoa

Por: 0 24 de Abril de 2011

Na semana em que se comemora a Páscoa, ganha força ainda mais a expectativa para o período que, segundo a indústria, deve obter um crescimento de 10% a 15% em relação ao ano anterior, mesmo com a alta no preço que o produto deve sofrer novamente este ano, em torno de 10%. Anualmente, sem muita inovação, os ovos são expostos em parreiras próximas às áreas refrigeradas e em displays fornecidos pela indústria. Por que não ousar para surpreender seu cliente e envolvê-lo numa ótima experiência de compra?

“Não é com a parreira que o varejista irá se diferenciar de seus concorrentes e cativar os consumidores. É preciso pensar no que será feito além da parreira. Um exemplo: criar uma ambientação de Páscoa montada com dobraduras, em que, ancorado nisso, o varejista possa criar ações especiais, como alguém ensinando as crianças a fazer a dobradura ou brindes na compra de produtos, em que o cliente ganha uma cesta de dobradura com um ovinho dentro”, analisa a especialista em comunicação estratégica de varejo, Kátia Bello. Mais Promotores nas Lojas A indústria fortaleceu este ano a contratação de temporários, que farão o importante trabalho de degustação nos pontos de venda durante o período. Em 2011, o número de degustadores vai ser 10,5% maior do que em 2010, porém, o varejo não deve apenas se utilizar das estratégias e materiais que a indústria oferece, mas pensar na data de uma maneira diferente. A Páscoa é uma data comemorativa que possibilita a venda de presentes, itens consumidos em reuniões de família e refeições práticas. Variedade no Mix é Primordial Para ter um resultado mais satisfatório do que o esperado, é necessário ter um mix que vá de encontro a todas as necessidades do consumidor. Mercearia e peixaria, por exemplo, devem ser categorias com tratamento especial, com opções e cortes diversificados, cross-merchandising envolvendo produtos como vinhos, azeite e batata, além do tradicional bacalhau, que oferece uma ótima margem de lucro ao varejo. Por se tratar de um feriado prolongado, a Páscoa representa uma grande oportunidade para viajar. Com isso, o consumidor vai ao mercado em busca de facilidades e opções rápidas de alimentação, para não perder seu tempo de descanso preparando a refeição da família. Abuse da criatividade para criar ações que estimulem o consumo na rotisseria da sua loja, desde opções relacionadas à época na seção, como o bacalhau, a trabalhos como entrega de um prato no sistema delivery, chegando quente e fresco na casa do consumidor, no horário da refeição. Fonte: Luis Henrique Moreira.

Tags: