Canal
Geral

MT mantém segundo lugar no ranking do agronegócio

Por: 0 14 de Novembro de 2012

As exportações matogrossenses do agronegócio registraram aumento e atingiram a receita de US$ 11,5 bilhões de janeiro a outubro desse ano. O valor representa alta de 26,6% se comparado ao mesmo período de 2011 (US$ 9 bilhões). O resultado manteve o Estado no segundo lugar no ranking brasileiro dos maiores exportadores no acumulado de dez meses. Em primeiro lugar segue São Paulo com US$ 16,7 bilhões, seguido por Mato Grosso (US$ 11,5 bilhões), Paraná (US$ 11,1 bilhões), Rio Grande do Sul (US$ 9,5 bilhões) e Minas Gerais US$ 6,4 bilhões. Mais uma vez as exportações do complexo soja no acumulado do ano (7,8 bilhões) puxaram os embarques e significam 68,2% do total da receita estadual, sendo a soja em grãos responsável por 47,3% (US$ 5,453 bilhões). Os dados são do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgados ontem (12/11). Ainda conforme o Mapa, em dez meses os produtos com mais representatividade nos embarques foram respectivamente: complexo soja com um volume de US$ 7,866 bilhões, o milho com US$ 1,536 bilhão, seguido da carne com R$1,109 bilhão e o algodão, US$ 804 milhões. Apesar da soja ser o carro-chefe no acumulado até o mês passado, o grande destaque foi o algodão com alta de 66% nas comercializações do período, totalizando US$ 804 milhões contra US$ 484 milhões em 2011. Conforme o diretor financeiro da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Nelson Piccoli, o aumento na receita dos embarques é reflexo da boa safra em 2012, porém também se deve à queda na produção em Estados do Sul do País e no mundo. Para o coordenador da comissão de Gestão da Produção da Associação dos Produtores de Soja e Milho em Mato Grosso (Aprosoja), Naildo Lopes, o milho deve ser destaque nos próximos meses, uma vez que os preços estão em um bom patamar e os problemas nos portos e estradas seguraram as exportações. Por: Dantielle Gomes/Folha do Estado.

Tags: