Canal
Geral

Morphy criou "Frescobol Virtual" para o Sesc-SP

Por: 0 18 de Março de 2011

A unidade de Campinas do Sesc-SP teve mais uma opção de entretenimento em sua colônia de férias neste verão. O frescobol em realidade virtual fez parte da programação da instituição nos meses de janeiro e fevereiro, entretendo diversas crianças que desfrutavam as férias nesta unidade. O jogo esteve disponível no período de 08/01 a 28/02, e chamou muito a atenção das crianças por usar apenas uma raquete convencional de madeira para jogar, sem os controles já conhecidos do Wii.

O jogo, criado e desenvolvido pela Morphy como resultado das pesquisas da área de tecnologia da agência, recebeu um novo cenário e esquema de cores adequados ao Sesc-SP. Além disso, uma tela de orientações foi incluída para facilitar a preparação do jogador e deixá-lo mais à vontade durante a experiência, já que o local não contava com orientadores. Bastava posicionar uma raquete colorida em frente à webcam, clicar na cor para marcar o objeto e partir pra brincadeira.

[caption id="attachment_102997" align="aligncenter" width="560" caption="Crianças se divertem com o Frescobol Virtual."][/caption]

O Produto A Morphy desenvolveu um protótipo do jogo durante uma das pesquisas de novas tecnologias realizadas constantemente na empresa e, em outubro de 2010, a primeira versão do jogo foi usada pelo Banco do Brasil no Salão Imobiliário de SP, onde esteve ao alcance de cerca de 60 mil pessoas que passaram pelo evento. Realidade Aumentada No jogo "Frescobol Virtual" é utilizado o mesmo conceito da Realidade Aumentada, só que ao invés de um símbolo impresso, a nossa versão captura a cor do objeto que está sendo usado para o jogo (no caso uma raquete de ping-pong) e a “segue” pelo ambiente em todos os passos do jogador, refletindo os movimentos em uma raquete virtual pela tela do jogo. Qualquer outro objeto poderia ser usado como raquete, como a embalagem de um produto ou outro objeto promocional.

Tags: