Canal
Geral

MIT atraiu nove mil visitantes e gerou negócios

Por: 0 11 de Abril de 2013

A oitava edição da Mostra Internacional de Turismo (MIT), no Centro de Convenções de Pernambuco, de 05 a 07/04, atraiu público além do esperado e gerou bons negócios. No primeiro dia, cerca de duas mil pessoas visitaram os 100 estandes da mostra. Nos outros dias, cerca de sete mil pessoas prestigiaram o evento, totalizando nove mil visitantes. A rodada de negócios, promovida pelo Sebrae pela primeira vez em dois dias da mostra foi um dos fatores para o incremento da presença de visitantes. Aconteceram 391 reuniões, aumento de 12% em relação a 2012, gerando quase R$ 500 mil em negócios fechados e expectativa de R$ 6 milhões para os próximos 12 meses. As palestras, que aconteceram na Estação Operadora tiveram intensa procura, especialmente de agentes de viagens locais, do Interior de Pernambuco e de Estados vizinhos. O Consulado Americano promoveu encontros, sempre às 16h, para informar sobre o visto americano. Também houve palestras sobre diversas opções de passeios turísticos, incluindo Disney, Chile, Argentina, Serras Gaúchas, seguro de viagem, locação de veículos, entre outros. Os participantes concorreram a sorteios de pacotes turísticos e outros brindes. Os operadores decidiram ampliar o espaço para 2014, implantando ilhas para alguns segmentos e trazer mais opções internacionais, especialmente da América do Sul  e dos Estados Unidos, destinos de preferência do público regional. Muitos negócios são iniciados durante a feira e fechados depois. “Além das vendas, anotamos pedidos e cadastramos muitos clientes novos. Isso é muito importante”, destacou Marcos Teixeira, dono da Martur Turismo. Para a empresária Selma Sundaus, o movimento do estande da sua agência Sundaus Turismo, superou as expectativas. “As fichas de atendimento a clientes acabaram no primeiro dia e foi preciso providenciar mais”, relatou. A arena gastronômica da MIT, coordenada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Abrasel/PE, teve opções variadas e teve movimento constante. O tradicional Bar da Fava ofereceu pratos típicos da culinária pernambucana, como o escondidinho de charque e a carne de sol com macaxeira e queijo coalho. O destaque do Arte Café foi a tapioca com café expresso ou capuccino, tendo ainda o bolo brownie como opção doce. O japonês Hakata teve temakis, sashimis e yakisoba. O restaurante Plim, especializado em massas e pizzas serviu refeições até mesmo depois do encerramento da feira.

Tags: