Canal
Geral

Mercado de luxo movimentará mais de R$ 20 milhões

Por: 0 25 de Julho de 2012

O mercado de produtos de luxo registrou crescimento médio de 20% em 2011, totalizando vendas de R$ 18,8 bilhões. A estimativa é da MCF, consultoria especializada nesse segmento, que está finalizando o estudo "O Mercado do Luxo no Brasil". Segundo Guilherme Kosmann, diretor institucional da empresa, a perspectiva é de que o crescimento permaneça na casa dos 20% pelos próximos três anos. A proliferação de marcas de luxo no País é um indício do aquecimento deste mercado. A onda mais recente de inaugurações aconteceu com o lançamento do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo. Um símbolo de que o País tem dado mais atenção ao luxo que, no Brasil, aconteceu recentemente, pelas mãos da Dior, do Grupo LVMH.

A cidade fluminense de Parati, palco da feira literária mais famosa do País, foi a inspiração para a Dior criar o eau de toilette Escale à Parati. O perfume, elaborado por François Demachy, para a linha Escales Dior, uniu ingredientes como a hortelã, jacarandá, canela e grãos de pimenta rosa, além do mate e a madeira de Guaiacum (do Paraguai) e a Fava Tonka, da Venezuela.

Amadeirado e com frescor cítrico, o perfume chega ao mercado brasileiro em 1º/08, em embalagem de 75 ml e preço sugerido de R$ 220,00. Os frascos, como em toda a boa indústria de perfume, recebem cuidados especiais: são longos, cilíndricos e ornamentados com o motivo “tressê cannage” da Maison Dior, design adotado após uma releitura que Victor Grandpierre fez das cadeiras inspiradas em Luiz XVI para o atelier de alta-costura. Já o líquido da nova fragrância é verde cintilante em homenagem a Parati. Antes de Parati, a Dior já havia feito “escalas” em outras cidades turísticas, como Escale à Porto Fino, Escale à Pondichéry e Escale aux Marquises.

Tags: