Canal
Geral

memove adota etiquetas RFID Haco

Por: 0 19 de Outubro de 2011

A nova marca do grupo VGB - Valdac Global Brands, a memove, que inaugurou uma loja no início do mês no Shopping Tamboré, em Barueri (SP), conta com a tecnologia oriunda da parceria Haco e Valid, as etiquetas RFID (Radio Frequency Identification), que possibilitam a identificação de produtos por radiofrequência. A VGB é a primeira empresa brasileira de fashion retail que adota o sistema RFID em toda sua cadeia produtiva. “A iniciativa faz parte do conceito inovador presente no DNA da VGB”, declara o diretor da marca memove, Mario Bisordi.

A iniciativa arrojada da memove tem por objetivo manter um estreito relacionamento com o seu público-alvo, o consumidor até 25 anos de idade, chamado geração Y. Pensando em proporcionar uma experiência de compra inovadora e compatível com suas aspirações, oferece roupas masculinas e femininas, lingerie, underwear e acessórios para o dia-a-dia, trabalho, prática de esportes ou para o momento de relaxar com os amigos. Até 2015, a meta da empresa é ultrapassar 50 lojas. Com as etiquetas RFID Haco (em parceria com a Valid) será possível agilizar as operações de movimentação e controle de estoques e vendas, incluindo a redução de custos operacionais.

“Uma das vantagens da novidade é que qualquer item que possuir o RFID pode ser identificado simultaneamente e sem a necessidade de contato visual, dentro de caixas, por exemplo, o que agiliza o processo de logística“, destaca Alexander Stefan Dattelkremer, CEO da Haco. No caso da memove, os produtos serão monitorados desde o fabricante até sua chegada ao centro de distribuição, às lojas e ao consumidor final. Para otimizar o tempo, durante visita à loja, o cliente terá à disposição o sistema de fast check-out: um caixa expresso para pagamento com cartão de débito ou crédito, que lê à distância o preço das roupas.

A identificação via radiofrequência permite maior controle dos SKUs (manutenção de estoques) comercializados, quebras operacionais, entre outras funções feitas manualmente ou sem integração com um software de gestão. “O desafio da empresa é disponibilizar a tecnologia, tanto a serviço da loja quanto de seus consumidores, para abrir inúmeras possibilidades de interação do público com o ponto de venda”, explica Bisordi. Tecnologia RFID A tecnologia RFID é a mais avançada para identificação e rastreamento on-line de produtos, caixas, paletes, contêineres, ou virtualmente qualquer outro objeto. O mercado mundial de RFID movimenta cerca de US$ 4 bilhões e vem crescendo a taxas anuais de mais de 20%. A expectativa é de que em 2012 atinja cerca de US$ 8,4 bilhões em movimentação de etiquetas. O uso da tecnologia RFID cresce, principalmente, no rastreamento de bens e em sistemas de localização em tempo real.

Tags: