Canal
Geral

Meio ambiente: você faz a sua parte?

Por: 0 3 de Junho de 2011

As tragédias causadas pela força da natureza têm sido uma constante no Brasil e em várias partes do mundo. Ruas alagadas, deslizamentos, perdas de vidas, de bens... Assim, ano após ano, marcas profundas alteram o cenário em várias cidades, principalmente quando chegam as chuvas do verão. Eleger um culpado se torna uma tarefa difícil e inútil, visto que, há muitos personagens envolvidos nessas situações. São cidadãos, poder público e a natureza em desarmonia. Mas o alvo das críticas nas manchetes são geralmente ‘as chuvas’ cada vez mais intensas, como se não houvesse um contexto mais complexo envolvendo as catástrofes climáticas, que se acentuam com gravidade.

[caption id="attachment_118512" align="aligncenter" width="580" caption="Enchente ocorrida no início do ano na Região Serrana do Rio de Janeiro (Foto: Vanderlei Almeida)."][/caption] O excesso de lixo que assoreia os rios, as moradias construídas à beira dos corpos d´água ou nas encostas, o desmatamento, a poluição veicular e gestões públicas incapazes de instituir um planejamento urbano eficiente. Para alguns, essa lista de problemas parece um argumento desgastado, mas é algo que até agora ninguém conseguiu solucionar e está aí para todo mundo ver.  A inabilidade administrativa e de cidadania se mesclam aos fenômenos climáticos, como El Niño e La Niña, que a Ciência já explica. A tragédia que atingiu a região serrana fluminense (Nova Friburgo, Sumidouro, Petrópolis, Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto), que ocupou as primeiras páginas dos noticiários, figura entre os dez piores deslizamentos do mundo nos últimos 111 anos, segundo a ONU – Organização das Nações Unidas e pode ter ainda piores proporções, é apenas um dos exemplos das tragédias climáticas que poderíamos citar.

Se formos enumerar todas as tragédias ocorridas por causa de chuvas, terremotos, tufões e outros fenômenos naturais, precisaríamos de páginas e mais páginas, tendo em vista isso ser uma constante. O que é comum, quando estas catástrofes acontecem, é dizer que a culpa é das autoridades, que não cuidam da cidade. No entanto, a pergunta que faço é: “Você faz a sua parte?”. Nos últimos tempos, grandes marcas têm mostrado a sua preocupação com a preservação do meio ambiente, adotando medidas sustentáveis, tentando fazer a sua parte para cuidar do planeta. No entanto, enquanto todos não se derem conta da importância do respeito à natureza, dificilmente teremos um cenário satisfatório. O momento é de unir forças, com cada um fazendo um pouco, desde a simples separação do lixo reciclável, até não jogar sequer um papel de bala nas ruas. Pequenas atitudes podem fazer a diferença para a construção de um mundo melhor.

[caption id="attachment_118514" align="aligncenter" width="580" caption="As fortes chuvas também causaram destruição na cidade de Antonina (PR)."][/caption] No próximo domingo (05/06), é comemorado o Dia do Meio Ambiente. Promoview dedica a edição de hoje especialmente às ações de sustentabilidade e, em breve, coloca no ar o blog PromoVerde, com o objetivo de valorizar as atitudes sustentáveis e difundi-las para um número cada vez maior de pessoas.

Tags: