Canal
Geral

<!--:pt-->Meio ambiente não dá ibope...<!--:-->

Por: 0 5 de Junho de 2010

“A violência é a matéria prima da mídia, quando na verdade o meio ambiente é que deveria sê-lo”. Essa foi a frase de impacto que o presidente do PV de Minas Gerais, Ronaldo Vasconcelos, começou sua palestra na última quarta-feira (26/05), durante a X Encontro Verde das Américas, que aconteceu em Belo Horizonte entre os dias 25 e 27/05. Meio Ambiente não dá ibope, mas, a mídia pode, aos poucos estimular um novo gosto no público mostrando as coisas negativas e positivas sobre o meio ambiente, já que é uma questão de sobrevivência para a espécie humana, falou a estudante participante do encontro, Maria Luíza Ferreira.

[caption id="attachment_59521" align="aligncenter" width="400" caption="Vilmar Berna."][/caption]

Ao mesmo tempo o jornalista e escritor, ambientalista Vilmar Berna, durante o evento, citando Al Gore “Estamos diante de uma verdadeira emergência planetária, a crise climática não é assunto político mas moral e espiritual para toda a humanidade”. Ele alertou que a natureza não é frágil, o ser humano é que é frágil, a natureza tem resistido a catástrofes muito piores, nada que o homem fizer vai destruir o meio ambiente, vai destruir só ele mesmo. ”A mídia é um importante instrumento para evitar esse final infeliz, para isso os donos de jornais, redes de rádio e televisão, devem abrir espaço para o meio ambiente e consequentemente para a educação ambiental. Além dos repórteres e jornalistas fazerem a diferença na busca da informação”, alertou a estudante e participante do Greenmeeting, Maria Luiza Ferreira. Vilmar Berna alega que para o povo se interessar por meio ambiente o ecologês deve ser traduzido, levando à participação da população nas questões ambientais para que todos se sintam parte desse processo. Ele considera também que a justiça social deve ser incorporada ao discurso ecológico, pois falta de informação e miséria geram grandes impactos ambientais.

Tags: