Canal
Geral

Macy's aposta no marketing de proximidade

Por: 0 27 de Outubro de 2014

Imagine derramar café na camisa no caminho para uma festa e precisar de uma nova rapidamente. A Macy’s tem uma solução: uma rápida pesquisa no Google pelo smartphone mostrará o produto que você quer na loja mais próxima, de acordo com seu tamanho e preço desejado. A partir de novembro, os clientes podem procurar um item em seu celular e descobrir qual loja Macy's mais próxima tem o produto em estoque. Ao lado das imagens, ficam os detalhes do produto, como preço, tamanho e cor, as indicações para a loja e um link para o artigo no site da varejista. O programa trabalha com a plataforma de marketing de proximidade, do Google, em um esforço para impulsionar as vendas on-line e nas lojas durante a maior temporada de compras do ano.

Foto: Reprodução/Google.
macy's-marketing-de-proximidade“Tentamos encorajar os consumidores a terem comportamentos de compra.”, diz Jennifer Kasper, vice-presidente de mídia digital e marketing multicultural da Macy’s. “Sabemos que temos uma grande oportunidade para construir uma relação mais longa e leal com os consumidores se formos bem sucedidos na comunicação e em incentivar a descoberta de produtos.”, afirma. A Macy’s também tem como objetivo destacar, em suas prateleiras, os itens que os clientes podem não conhecer. “Esta é uma grande oportunidade para mostrar o que está em nossas lojas. Temos mais crédito em nossas lojas por meio do digital.”, relata Jennifer. A varejista tem testado anúncios de estoques locais em mercados como São Francisco, na Califórnia, desde que o Google iniciou sua plataforma de anúncios, na última temporada de férias. “Temos visto resultados encorajadores.”, comenta Jennifer, ao observar que os principais clientes são mulheres com idades entre 25 e 54. “Ela pode ir até uma loja e ter uma gratificação imediata.”, completa. Cada dólar investido pela Macy’s nessas pesquisas impulsiona US$ 6 em compras nas lojas. Ao se concentrar em usuários de smartphones, a marca espera capitalizar em cima do número de pessoas que buscam produtos antes, durante e depois de passeios de compras. Antes de visitar a loja, 87% compradores fazem uma pesquisa; 79% buscam durante a visita; e 35% pesquisam depois de sair do local, de acordo com levantamento divulgado no dia 23 de outubro pelo Google, baseado em um estudo on-line feito com seis mil usuários de smartphones, em parceria com a Ipsos MediaCT e a Sterling Brands. O estudo também mostrou que 71% dos compradores que usam smartphones para fazer pesquisa on-line dizem que seu dispositivo móvel se tornou mais importante para sua experiência na loja. “Percebemos que há uma enorme influência do digital no que está acontecendo nas lojas”, ressalta Julie Krueger, diretora da indústria de varejo do Google. “Quando os consumidores olham para uma marca, a expectativa é que a experiência on-line seja tão agradável quanto a física.”, opina. Varejistas como Sephora, REI, Office Depot e Sears Outlet também publicam anúncios de busca local e planejam alavancar esforços para os feriados ao mesmo tempo em que o Google expande sua plataforma, de acordo com a ferramenta de busca. “Estou realmente animada com o número de varejistas que estão falando sobre isso e percebem a conexão entre on-line e off-line”, explica Julie.
Fonte: Advertsing Age.
  CTA anuário BANNER GERAL

Tags: