Canal
Geral

Macau lança plano para Turismo de Casamentos

Por: 0 7 de Novembro de 2012

A Direção dos Serviços de Turismo (DST) de Macau (China), lançou um Plano de Incentivo ao Turismo de Casamentos com vista em atrair empresas organizadoras de casamentos e noivos e melhorou também o Plano de Incentivo para Excursões de Estudantes. A cidade pretende aproveitar estas celebrações em benefício do turismo proporcionando uma divulgação mais rica e diversificada do território, bem como por intermédio da captação de novas gerações para quem os casamentos em destinos de sonho têm ganho cada vez mais popularidade. Para se candidatar ao Plano de Incentivo ao Turismo de Casamentos é necessário cumprir alguns critérios, como um mínimo de 50 convidados não-locais, que pernoitem pelo menos duas noites seguidas em hotéis de Macau. O Plano apoiará as atividades organizadas na região no âmbito do turismo de casamentos, sendo providenciados kits com informações turísticas e brindes de boas vindas, ajuda na coordenação com os diferentes departamentos do governo, entre outros. A DST anunciou também que foi melhorado o Plano de Incentivo para Excursões de Estudantes, lançado em Outubro do ano passado. No atual plano, as candidaturas continuam a requerer um mínimo de 50 estudantes participantes, que passem pelo menos duas noites seguidas na cidade, mas a nova versão do plano aumenta o valor do incentivo dará apoio na coordenação de contatos com os diferentes departamentos do governo ou estabelecimentos de ensino em Macau, além de continuar a apoiar grupos de estudantes a realizar atividades na cidade. "A DST está empenhada em enriquecer a composição da oferta de produtos turísticos para ir ao encontro das necessidades de diferentes mercados de visitantes, desejando, através de diferentes planos de apoio ao turismo de incentivos, estimular diferentes perfis de visitantes, entidades e empresas a escolherem Macau como destino de turismo de casamento, excursões de estudantes e turismo de negócios, para o impulsionar do desenvolvimento da diversificação do mercado", afirmou a assessoria da DST . Em sintonia com o posicionamento de Macau como um Centro Mundial de Turismo e Lazer, a DST irá ajustar as políticas e medidas de turismo, com prioridade para a elaboração de um plano diretor para o desenvolvimento do turismo, abertura de mercados de diferentes grupos de visitantes, de modo a enriquecer a composição dos mercados de visitantes.

Tags: