Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Luzes se apagam em prol do planeta

Por: 0. 28 de Dezembro de 2012

Na Austrália, onde a campanha contra a poluição causada por combustíveis fósseis foi concebida, o famoso porto da cidade ficou no escuro. De acordo com os organizadores, o evento já quebrou recordes de adesão no Sudeste da Ásia.

Na China, monumentos como a Grande Muralha e o Estádio Ninho de Pássaro, criado para as Olimpíadas de Pequim em 2008, tiveram as luzes apagadas. [caption id="attachment_184175" align="aligncenter" width="620"] Atenas também aderiu à Hora do Planeta (Foto: Reuters).[/caption] De acordo com a embaixada dos Estados Unidos em Seul, na Coreia do Norte, mais de 74 mil edifícios apagaram suas luzes. Em 2011, mais de cinco mil cidades participaram da campanha, criada em 2007 pela WWF. Este ano, Líbia e Iraque também se juntaram ao evento. [caption id="attachment_184179" align="aligncenter" width="620"] Brooklyn Bridge, em Nova York, teve suas luzes apagadas por uma hora (Foto: Reuters).[/caption] [caption id="attachment_184176" align="aligncenter" width="620"] Monumentos que fazem parte da história da humanidade, como o Coliseu, em Roma, também perdem a iluminação durante a Hora do Planeta (Foto: Getty Images).[/caption] Segundo a WWF, 131 cidades brasileiras aderiram oficialmente ao evento em 2012, incluindo 27 capitais. Mensagens de Apoio Horas antes, a diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, fez um comunicado aos participantes da campanha em todo o mundo, dizendo que a 'Hora do Planeta' é uma oportunidade para mostrar comprometimento e um momento de reflexão sobre o planeta.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, afirmou em um comunicado em vídeo que a ONU participaria do evento e que "Desligar as luzes é um símbolo de compromisso com a energia sustentável para todos". Ele tamém pediu a adesão de governos e organizações. "Precisamos alimentar nosso futuro com energia limpa, eficiente e acessível. Agindo juntos, podemos criar uma futuro mais brilhante", disse.

Em seu perfil no Twitter, o ex presidente da África do Sul Nelson Mandela também manifestou apoio à Hora do Planeta. Críticos dizem que a campanha é ineficiente contra o uso de combustíveis fósseis, já que concentra seus esforços em uma ação pontual. A WWF, no entanto, diz que a 'Hora do Planeta' é um ato simbólico que ajuda à reflexão e à conscientização sobre as mudanças climáticas. [caption id="attachment_184180" align="aligncenter" width="620"] Moradores de Cali, na Colômbia, também aderiram ao movimento (Foto: Reuters).[/caption] Hora do Planeta no Brasil Os principais monumentos e pontos turísticos do Rio de Janeiro, cidade que sediará a conferência da ONU Rio+20 em junho, apagaram suas luzes na noite do último sábado, para marcar a Hora do Planeta. [caption id="attachment_184181" align="aligncenter" width="620"] Rio adere à Hora do Planeta, apagando as luzes de monumentos como o Cristo Redentor (Foto: Murilo Rezende/Futura Press).[/caption]
No Brasil, 130 cidades, entre elas as capitais, apagaram as luzes de mais de 550 monumentos, pontos turísticos e históricos, para marcar a Hora do Planeta, informou a ONG Fundo Mundial para a Natureza (WWF). [caption id="attachment_184182" align="aligncenter" width="620"] Esplanada dos Ministérios apagou suas luzes (Foto: AFP).[/caption] "Estamos reforçando o compromisso de fazer as mudanças que queremos neste país e no mundo, para um futuro mais sustentável", disse a chefe de comunicação da ONG no Brasil, Regina Cavini. [caption id="attachment_184183" align="aligncenter" width="620"] Farol da Barra, em Salvador (BA), também ficou às escuras (Foto: Raul Golinelli/Futura Press).[/caption] [caption id="attachment_184184" align="aligncenter" width="620"] O Obelisco, em São Paulo, na Hora do Planeta (Foto: Fernando Borges/Terra).[/caption]
[caption id="attachment_184185" align="aligncenter" width="620"] Outro ponto turístico da capital paulista, a Ponte Estaida, ficou no escuro por uma hora (Foto: Tercio Teixeira/Futura Press).[/caption] [caption id="attachment_184186" align="aligncenter" width="620"] Em Santa Catarina, o destaque da Hora do Planeta ficou por conta da Ponte Hercílio Luz, cartão postal da cidade de Florianópolis (Foto: Fabricio Escandiuzzi/Terra).[/caption]   Fonte: BBC Brasil.

Tags: