Canal
Geral

<!--:pt-->Luta contra a homofobia até debaixo d'água<!--:-->

Por: 0 3 de Novembro de 2009

Nem a chuva que atingiu a capital fluminense, na tarde do último domingo (1º/11), atrapalhou a luta contra a homofobia na Orla de Copacabana, Zona Sul, onde aconteceu a  14ª Passeata do Orgulho LGBT-Rio. De acordo com os organizadores, mais de um milhão de pessoas participaram do terceiro maior evento oficial da  cidade, depois do Réveillon e do Carnaval, segundo dados da Riotour.

parada-rio

"Esse ano, quem tentou achar uma vaga em hotel no Rio, mesmo com o feriado e com chuva, não conseguiu. A cidade está lotada", observou o prefeito Eduardo Paes depois que entregou as chaves da cidade à coordenação do movimento. Ele anunciou que será criada, nesta semana,  uma coordenadoria, vinculada ao seu gabinete, para tratar dos direitos e promover políticas de desenvolvimento para lésbicas, gays, bissexuais e transgêneres.

"Vamos investir  o máximo possível para que a cidade não tenha nenhuma marca homofóbica  e nenhum preconceito", complementou o prefeito, que não participou da Parada e foi embora junto com a primeira-dama Cristine Paes antes do início do evento.

parada-gay-rio

Paes prometeu ainda aumentar os recursos para o evento do próximo ano, quando serão comemorados os 15 anos da passeata no Rio. De acordo com  o superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Cláudio Nascimento Silva, a administração municipal  se comprometeu a passar R$ 800 mil para a organização na edição de 2010.  A ajuda financeira neste ano foi de R$100 mil.

Tags: