Canal
Geral

Lixo vira luxo com a Fundação Banco Santander

Por: 0 15 de Julho de 2014 03:50

A Fundação Banco Santander e a organização espanhola Basurama anunciaram que começará neste mês no Rio de Janeiro o projeto de arte e sustentabilidade "Luxo é lixo" para conscientizar a população sobre a necessidade de reciclar e manter um consumo responsável. O objetivo da iniciativa é montar uma peça pública com material reciclado de grande escala, de mais de 20 metros de largura e oito metros de altura, que forme a palavra "luxo", em homenagem à poesia concreta do escritor brasileiro Augusto de Campos, informou a Fundação Santander em comunicado.

Foto: Marcos Santos.
sustentabilidade fundacao Banco santander_FotoMarcosSantosO projeto, em associação com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), é uma iniciativa cultural e ambiental prévia ao III Encontro Internacional Universia, que reunirá no final de julho no Rio de Janeiro cerca de mil reitores de universidades de todo o mundo. Jovens universitários interessados, sejam artistas, admiradores ou curiosos, poderão participar da montagem da obra, elaborada a partir de cerca de 2.500 sacolas de lixo de consumo diário já usadas. De acordo com a Fundação Santander, com a iniciativa, dois objetivos são alcançados: a criação de uma obra artística de forma inovadora e impactante e a conscientização da comunidade sobre a importância da sustentabilidade. Para a realização da peça estão sendo realizadas oficinas e o processo de elaboração será filmado e transmitido posteriormente no III Encontro de Reitores entre 28 e 30/07. Assim que a intervenção estiver concluída, a obra será exposta entre 16 e 17/07, em frente à biblioteca da Unirio. Basurama é um coletivo espanhol dedicado à realização de projetos de arte e design para a transformação social por intermédio de estratégias participativas. Baseada na utilização de resíduos e em processos ligados à produção das sociedades de consumo, a empresa atuou em mais de 50 cidades de 20 países.

Tags: