Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Kellogg’s estabelece programas para estimular diversidade e inclusão

Por: Redação.. 28 de Maio de 2021

A cultura corporativa de uma empresa é importante para estabelecer como as interações internas alinhadas aos valores definidos irão gerar determinados resultados dentro do negócio. 

Com o objetivo de crescer cada vez mais na América Latina, a Kellogg Company implementou um modelo de cultura vencedora baseado em quatro pilares: sucesso, coragem, agilidade e inclusão.

Leia também: Sucrilhos Kellogg's incentiva crianças a ficarem longe das telas. 

Leia também: Salgadinho de queijo é a aposta da Kellogg’s.

Esses componentes ajudam a gerar confiança e motivar as equipes, aumentar o comprometimento com as metas estabelecidas, explorar os potenciais dos funcionários, quebrar paradigmas, vencer desafios, mudar processos, ter ideias diferentes, compreender consumidores e promover um local de trabalho onde as pessoas sejam prioridades.

Para ter solidez nessa proposta, a multinacional conta com uma estratégia alinhada às suas aspirações, colaboradores com as competências técnicas adequadas, compromisso e paixão por construir um futuro melhor, e uma mentalidade alinhada entre todos. 

“Nossa cultura vencedora é composta por valores e comportamentos que acreditamos e é o que irá moldar os resultados gerados. Queremos também nos consolidarmos como uma empresa de bens e serviços de consumo digital que se preocupa com as pessoas. Esta cultura é um dos facilitadores para nossas entregas no presente, enquanto desenhamos o futuro.”, afirma Bruno Bittencourt, diretor de RH para o Mercosur na Kellogg Company.

Equidade, diversidade e inclusão

A diversidade e a inclusão são fatores importantes para a cultura da Kellogg, que está comprometida em promover a equidade. A companhia tem direcionado seus esforços para proporcionar um ambiente aberto e inclusivo onde ideias, opiniões e perspectivas sejam valorizadas e reflitam a diversidade de seus consumidores. 

“A nível global, nos empenhamos para fomentar um ambiente em que todos os nossos colaboradores possam atingir o máximo do seu potencial e criar um sentimento de pertencimento.”, continua o executivo.

A prática de diversidade inclusão não é novidade. Há mais de um século, W.K. Kellogg, fundador da empresa foi pioneiro ao empregar mulheres no local de trabalho e em romper fronteiras culturais. 

Hoje, este compromisso está refletido em todas as práticas de recursos humanos incluindo contratação, desenvolvimento de carreira, gestão de desempenho, benefícios e reconhecimento.

No Brasil, por exemplo, foi lançado esse ano o programa Women of Kellogg (WOK), que valoriza a participação das mulheres em posições de liderança e quer que 50% de seus cargos de liderança sejam ocupados por mulheres até o final de 2025. 

A iniciativa tem contribuído significativamente para a empresa, ajudado a abrir novos horizontes e a criar maior consciência sobre igualdade de gênero.

O programa é o primeiro BERG (Business Employee Resource Groups) – grupo de apoio para funcionários – da América Latina. O WOK é composto por três pilares: Local de trabalho, Market Place e Comunidade. 

O primeiro deles reforça o desejo da empresa em ser escolhida por mulheres no mercado de trabalho. Já o segundo, visa que as mulheres, a partir de uma perspectiva externa, contribuam com os resultados da companhia. E o terceiro endossa a preocupação do programa com a comunidade ao redor.

Tags: diversidade | inclusao | kellogg-s