Canal
Geral

Job ou relacionamento de longo prazo?

Por: 0 5 de Junho de 2014

Publicado originalmente em 27/05/2014. O cenário do mercado promo muda todos os dias, e por mais imperceptíveis que sejam, as mudanças afetam também a escolha de que serviço a marca ou empresa deve optar para atender suas necessidades, sejam elas de longo ou curto prazo. Dúvidas surgem e cabe ao responsável assegurar-se de que a escolha do serviço optado será satisfatória, pois com os pequenos problemas que começam a surgir, decisões devem ser tomadas e isso deve ser feito o quanto antes. Escolher o chamado Job - que dá liberdade à empresa que, sem um vínculo ou contrato assinado, pode buscar um novo fornecedor a cada projeto até que encontre um parceiro que atenda as suas necessidades - ou o de Relacionamento de Longo Prazo - quando o contrato de trabalho é mais longo, com o objetivo de um trabalho que dura um prazo maior - são as escolhas disponíveis a quem procura satisfazer o cliente tendo facilidade na mão de obra. networking Escolher um ou outro pode variar de acordo com a realidade financeira da empresa, qual o prazo e a necessidade do cliente e, principalmente, ter a ciência de que antes de tudo a satisfação do cliente e de quem solicitou o serviço deve ser o único foco. O assunto já foi tratado aqui e inclusive rendeu um prêmio ao nosso site. Ironicamente, uma das empresas que falou sobre o assunto, a Promooffice, já não está mais no mercado... Neste cenário, voltamos ao assunto e fomos entrevistar Fernando Guntovitch, diretor da agência The Group, que nos falou um pouco sobre como se comportar diante deste assunto. [caption id="attachment_391660" align="alignleft" width="299"]Fernando Guntovitch, diretor da The Group Fernando Guntovitch, diretor da The Group.[/caption] Promoview: Pela sua experiência de mercado, quando uma empresa deve contratar por job? Fernando Guntovitch: A contratação por Job deve ser uma prática quando a empresa tem uma ação pontual e muito específica para ser realizada. Este tipo de parceria pode ocorrer também quando uma marca quer conhecer o portfólio de uma agência na prática. Caso contrário, é sempre melhor o cliente estabelecer uma relação com a empresa que vai criar, planejar e executar suas ações de live marketing. Promoview: Mas não é isso que ocorre na maioria dos casos... Quais vantagens para uma empresa que contrata com o objetivo de desenvolver um relacionamento? Fernando Guntovitch: Este tipo de contratação é importante por uma série de vantagens. Quando a agência tem um contrato por longo prazo, pode se estruturar melhor e oferecer soluções mais personalizadas ao cliente. Com isto conseguimos reunir uma equipe multidisciplinar formada por atendimento, planejamento e criação focada na realidade do cliente. A agência que vive o dia a dia do seu cliente pode oferecer ações proativas e não ficar somente “tirando” pedido. A relação de longo prazo, garante segurança para o cliente, a agência e aos profissionais envolvidos, além de um entendimento mais apurado dos negócios do cliente por parte da agência. Apesar de alguns clientes operarem por jobs individuais, não vejo vantagem em jobs soltos. Não existe a criação de vínculos, importantes para o entendimento dos negócios e que reflete nos resultados do trabalho. Promoview: Mas o cliente alega que no regime de conta há uma acomodação por parte da agência... Fernando Guntovitch: Isso é um mito. Talvez até tenha existido há 10 anos, quando eu ouvia bastante este argumento. Não existem desvantagens nos relacionamentos de longo prazo com as verdadeiras agências de live marketing e promoção, mas sim enormes desafios que devem ser resolvidos "a quatro mãos". É importante afirmar que as verdadeiras agências especializadas não se acomodam, não acham que o jogo já esta ganho. Elas gastam tempo buscando inovação, não somente nas propostas criativas, mas na operação e no formato de cada ação. E o mais importante é que tratam cada trabalho como se fosse único. Promoview: Para aqueles que vão mudar de ideia... O que deve ser pensado na hora de selecionar qual empresa escolher para realização de ações de live marketing? Fernando Guntovitch: Conhecer a estrutura da agência, sócios, solidez financeira, modelo de operação no dia a dia, entrar em contato com os clientes para saber a opinião e, principalmente, ter empatia. Uma relação saudável somente se constrói com respeito entre as partes. Promoview: Para encerrar, conte um pouco da sua trajetória. Fernando Guntovitch: Eu comecei como produtor de comerciais. No final dos anos 80, assumi o departamento de rádio e TV da Delta Propaganda e, posteriormente, a coordenação da operação da agência. São 27 anos de experiência, sendo que nos últimos 19 anos me especializei no mercado de live marketing. Há 19 anos fundei a The Group Comunicação  e a busca por inovação, somada aos resultados da empresa,  fez com que eu me tornasse chairman da Worldwide Partners (WPI), maior grupo de agências independentes do mundo. Ali, nosso grupo conquistou por cinco vezes consecutivas o prêmio de ‘PerfectPartner’, da Worldwide Partners Inc. (WPI), e outras premiações do setor como o Caio da Década Diamante, Promoções e Eventos e Popai de ‘Melhor ação promocional de grande porte’ e Fiap de Promoção. Mas o prêmio que estou perseguindo há anos é o de ver o nosso mercado receber a devida valorização pelo setor da comunicação no Brasil.

Tags: