Canal
Geral

JL apoia reconstrução do Teatro Ouro Verde

Por: 0 19 de Junho de 2013

Um espaço de muitas lembranças, memórias e histórias para os londrinenses. Assim era o Cine Teatro Ouro Verde, principal palco das artes na cidade de Londrina e que foi destruído por um incêndio em fevereiro de 2012. Para manter viva a história, trazer de volta esse grande palco cultural e resgatar a autoestima da população, o JL - Jornal de Londrina, que pertence ao Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCom), lançou recentemente a campanha “Ouro Verde – Reconstruindo a memória”. Nas páginas do jornal, o leitor vai encontrar histórias relacionadas ao teatro, tanto de quem trabalhava, quanto daqueles que interagiam e frequentavam o Ouro Verde, símbolo do modernismo dos anos 50. No site especial da ação há uma linha do tempo, o cronograma da reconstrução, um quiz com perguntas sobre o empreendimento, vários depoimentos, reportagens e imagens do teatro. É um portal interativo e em constante atualização.

O JL está resgatando essa história e está conquistando o apoio de muita gente que também quer ver o local reconstruído. Foi criada uma moção de apoio on-line que será entregue às autoridades competentes quando tiver atingido um número relevante de assinaturas. Ewandro Schenkel, coordenador de Redação do JL, explica que é papel do jornal atuar como um mediador entre a sociedade e o Estado. “A campanha “Ouro Verde – Reconstruindo a memória” cumpre também uma missão inerente ao jornalismo contemporâneo: o de ir além da notícia, tornando-se um agente de transformação social em prol do bem público”, disse Schenkel. A população está se mobilizando pelo patrimônio da cidade. “Estamos convidando as pessoas a assinarem uma moção de apoio pela reconstrução e vamos acompanhar todos os trâmites para vermos nosso teatro pronto e novo.”, diz Axeu Beluca, gerente de Marketing da Unidade Jornais. A iniciativa já chegou à classe artística nacional e recebeu apoio dos atores Ney Latorraca, Renata Sorrah e Adriano Garib. [caption id="attachment_300965" align="aligncenter" width="562"] Renata Sorrah aderiu à campanha (Foto: Fábio Luporini).[/caption]

Pelo cronograma, este mês sai a publicação do edital e a reinauguração está prevista para ocorrer apenas em 2015. Durante todo esse processo, o Jornal de Londrina vai aliar o conteúdo editorial às ações de marketing. O Cine Teatro Ouro Verde pegou fogo no dia 12 de fevereiro de 2012. Marco da arquitetura modernista, o prédio projetado pelos arquitetos João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi abrigou exibição de filmes e espetáculos memoráveis ao longo de 60 anos.  

Tags: