GERAL

GERAL

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Isadora Faber vai lançar livro sobre o Diário de Classe

Por: 0. 9 de Abril de 2013

Ela só queria ajudar. Isadora Faber fez uma página no Facebook para contar os problemas cotidianos em sua escola e esperava que apenas uma centena de pessoas curtissem. Errou a previsão em 612.341 pessoas (até o dia 12/04), e agora tem de dar entrevistas, palestras, enfrentar críticas... Agora ganhou mais um desafio de gente grande: escrever um livro. Aos 13 anos de idade, a moradora do Santinho, em Florianópolis, fez um contrato com a Editora Gutemberg, de São Paulo, para publicar suas primeiras palavras em papel. Ela não tem medo do desafio, mas confessa que ainda não tem muita ideia do que fará. Está esperando o roteiro que vai vir da editora antes de começar. [caption id="attachment_284338" align="aligncenter" width="562"] Isadora Faber (Foto: Caio Marcelo/Agência RBS).[/caption]

De livros, Isadora gosta de Harry Potter e Percy Jackson que empresta da biblioteca escolar. Local que agora está melhor após as mais de 600 mil curtidas no Diário de Classe. No início, era para ser apenas um local para expor os problemas que sua escola enfrentava, mas isso acabou se proliferando. Hoje, garante ela, são mais de 100 pessoas fazendo um trabalho inspirado na sua página. "Tudo que eu denunciei de problemas na escola eles resolveram", diz a menina. Ano passado, ela chegou a sofrer ameaças e protesto por parte de professores. Agora a postura "de alguns" docentes mudaram, mas "outros parecem que não entendem", conta Isadora. Agora, na 8ª série, ela diz que tudo está mais tranquilo. Sua mãe chegou a pensar em mudá-la de escola, mas no fim das contas, as duas viram que era melhor continuar, afinal ela estuda no mesmo local há sete anos. Isadora terá que escolher uma nova escola ano que vem e ainda ainda não sabe se fará um Diário de Classe novo. Só sabe que pretende continuar ajudando os outros. Até o final da 8ª série, ela ainda precisa escrever um livro contando os bastidores e as repercussões de sua página. Depois de pronto, a garota volta a sua rotina de entrevistas, prêmios e muito Facebook. Por Thomas Michel.

Tags: