Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

iPads simplificam ações promo de companhias aéreas

Por: 0. 21 de Agosto de 2011

O iPad, visto inicialmente como uma ferramenta para entretenimento, tem ganhado cada dia mais usos para promover a interação entre consumidores e marcas. Muitas indústrias em todo o mundo estão usando a imaginação para desenvolver ações que a Apple possivelmente jamais concebeu... Aqui apresentamos as dez principais utilidades identificadas entre as companhias aéreas e seus lounges em aeroportos. As utilizações propiciam desde a experimentação de produtos e serviços, passando pelo simples entretenimento, até a redução considerável do consumo de combustível por aeronaves. 1. Compra de Passagens & Check-In A Cathay Pacific tornou-se, em julho de 2010, a primeira companhia aérea a lançar um aplicativo para o iPad que permite aos usuários comprar passagens, gerenciar seus voos, verificar se há atrasos e fazer check-in. A mesma funcionalidade já é oferecida também por companhias como American Airlines, Malaysia Airlines, Thai e Alitalia. 2. Serviços de Embarque A Iberia lançou no aeroporto de Barajas, em Madrid, o uso de iPads pelo time de atendimento ao cliente que recebe informações em tempo real para manter os passageiros informados. Ganhou até nome: IBPad. Com esta iniciativa, a companhia aérea eliminou consideravelmente o consumo de papel nos serviços de embarque. 3. Lounges Para manter os passageiros entretidos enquanto aguardam, muitas empresas estão usando iPads em seus lounges. Em 2010, a AirBaltic disponibilizou oito equipamentos conectados à internet em Amsterdan, no aeroporto Schiphol. Já a Cathay Pacific oferece 21 iPads com Wi-Fi com jornais, revistas e jogos pré-instalados. O mais interessante é que como os passageiros frequentes são um alvo demográfico interessante para a publicidade, é comum que as companhias aéreas recebam os equipamentos de graça para desenvolverem ações promocionais, dentro do conceito de ‘tryvertising’. 4. Bibliotecas em Aeroportos No aeroporto Schiphol, em Amsterdã, os passageiros podem ler livros, ver filmes e escutar música no espaço de 90 m2. A biblioteca dispõe de literatura holandesa traduzida em mais de 29 idiomas e confortáveis cadeiras para leitura, equipadas com fones. Recentemente, implantou também uma mesa de leitura equipada com nove iPads que apresentam os livros disponíveis para leitura. 5. Comer & Beber A Delta Air Lines foi pioneira ao lançar um conceito de restaurante nos aeroportos americanos New York JFK e LaGuardia que permite aos passageiros pedir comida por meio de um dos 200 iPads instalados nas áreas de alimentação próximas aos portões de embarque. A comida é entregue nas mesas, após o pedido. Os iPads também oferecem a possibilidade de verificar o status dos voos, ler artigos ou jogar jogos gratuitamente e sem limite de tempo de uso. 6. Banca de Revistas e Aluguel de iPads A Delta também já transformou o conceito de banca de revista substituindo as tradicionais impressas por iPads, disponibilizando uma vasta gama de publicações para download e, ainda, alugando os dispositivos para viagens. Assim que chega ao seu destino, o passageiro utiliza uma caixa com porte pago para devolver o equipamento à origem. (Mais fácil seria se houvesse um representante da empresa no aeroporto de origem recolhendo os equipamentos, assim como acontece com aluguel de carros, não acham?) 7. Entretenimento In-flight Em 2010, o braço low-cost da Qantas Airline, a Jetstar, tornou-se a primeira companhia aérea a oferecer o aluguel de iPads para teste durante um mês em duas rotas saindo de Melbourne, Austrália. O piloto foi um sucesso e a atividade foi expandida para as demais linhas e, desde novembro de  2010, a Iceland Express também oferece a opção de alugar por dez euros um iPad durante os voos de Reykjavik e a América do Norte e, assim, propiciar diversão durante todo o trajeto. 8. Revistas de Bordo Para aumentar o apelo frente aos anunciantes, as revistas de bordo também parecem estar mudando seu formato. Companhias como Lufthansa, TAP, Finnair, airBaltic, Turkish Airlines, United, Air New Zealand, ANA e Malaysia Airlines já possuem revistas de bordo para iPad, equipadas com extras como filmes, vídeos e animações. 9. Pesquisas de Satisfação Também estão sendo utilizados iPads para a realização de pesquisas de satisfação, e a KLM foi uma das primeiras empreasas a implantar esta modalidade, com sucesso. 10. Equipe de Bordo A KLM está usando iPads para seus treinamentos de pilotos e equipes de comissários. Eles substituem muitos dos formulários, documentos de briefing e manuais que são carregados consigo em cada voo. A Federal Aviation Administation (FAA), nos EUA, aprovou em março de 2011 o uso de iPads nos cockpits. Eles vão ajudar também na economia de combustível, reduzindo o peso desnecessário de documentos que pode ser atualizados com uma frequência ainda maior. A American Airlines informou que a redução de peso dentro dos aviões graças a esta simples mudança poderá representar uma economia de  1,2 milhões de dólares em combustível por ano. This article is re-published with kind permission of www.airlinetrends.com

Tags: