Canal
Geral

Holanda inaugura a primeira Escola Steve Jobs

Por: 0 23 de Agosto de 2013

O legado de Steve Jobs, que faleceu em 2011, não ficou restrito aos lançamentos como cofundador e chefe da Apple por décadas – os ideais mais defendidos pelo executivo agora serão aproveitados também na educação infantil. As “Escolas Steve Jobs” (Steve Jobs Schools, no idioma original) atendem crianças de quatro a 12 anos de idade e apostam em um método nada convencional de ensino: em vez de séries, livros, quadro-negro e uniformes, essas instituições apostam no desenvolvimento das habilidades individuais de cada aluno, buscando aguçar sentidos como criatividade, inovação e opinião crítica. [caption id="attachment_319426" align="aligncenter" width="580"] Menina ouve música em iPad da Steve Jobs School, na Holanda (Foto: Michael Kooren/Reuters).[/caption] [caption id="attachment_319427" align="aligncenter" width="580"] Alunos da Steve Jobs School (Foto: Michael Kooren/Reuters).[/caption] As “iEscolas” Não há provas ou séries definidas. Os grupos de alunos se reúnem para aprender e discutir sobre tópicos em comum, e avaliações a cada seis semanas definem se é hora de passar para outro conteúdo ou reforçar o ensino de alguma área específica. O aprendizado mais tradicional está presente em algumas áreas, com aulas sobre idiomas, matemática e outros conteúdos – mas tudo a partir de aplicativos educativos exibidos em iPads personalizados. Os tablets podem ser levados para casa, com todo o conteúdo disponível para o aluno. [caption id="attachment_319429" align="aligncenter" width="580"] A primeira unidade da escola Steve Jobs School foi inaugurada em Sneek, na Holanda (Foto: Michael Kooren/Reuters).[/caption] Segundo o diretor de uma das instituições, que faz parte do método de ensino promovido pela ONG O4NT, a maioria das escolas prepara as crianças “para o mundo de ontem”, enquanto essas novas salas de aula ajudam o aluno a sair preparado para encarar o Século XXI.

Tags: