Canal
Geral

Golfinho Rotador completa 23 anos com apoio da Petrobras

Por: 0 23 de Agosto de 2013

No dia 23/08, o Projeto Golfinho Rotador, patrocinado pela Petrobras, completará 23 anos de atividades de pesquisa e preservação da espécie em Fernando de Noronha (PE). Desde sua criação, em 1989, os pesquisadores já realizaram mais de seis mil dias de observação e 1.500 mergulhos com os golfinhos. Eles estimam uma população de dez mil indivíduos no arquipélago. Além de pesquisar e promover atividades para preservar o comportamento natural destes animais, a iniciativa compreende a promoção do desenvolvimento sustentável na região e a conscientização ambiental de moradores e visitantes. As pesquisas do projeto apontam que o turismo náutico tem impactado no deslocamento dos rotadores para novas áreas no arquipélago: Baía de Santo Antônio e Entre Ilhas. Entre 1991 e 2005, os golfinhos ocupavam a Entre Ilhas em 30% dos dias do ano. Atualmente, há golfinhos-rotadores descansando na região em 93% dos dias, enquanto que, na Baía dos Golfinhos, área protegida desde 1987, o tempo de permanência caiu para 02h36 por dia, contra oito horas, nos primeiros dez anos do projeto. "Em curto prazo, a possível reação é o abandono da área e, em longo prazo, a diminuição da população", alerta o coordenador do projeto, José Martins. "Por isto, medidas de proteção aos golfinhos precisam ser urgentemente implementadas em Fernando de Noronha, entre elas, limitar a velocidade das embarcações em todas as áreas de concentração de golfinhos e não permitir o acesso de barcos em Entre Ilhas, área preferencial de descanso de golfinhos no arquipélago", ressalta Martins. O programa de pesquisas é desenvolvido por meio de observações do comportamento natural, análise de registros de imagens e sons, coleta de material genético e análise das interações destes golfinhos com o turismo e a pesca.

Tags: