Canal
Geral

Globo proíbe vídeo de "Tufão"

Por: 0 11 de Outubro de 2012

Roberto Justus, presidente do Grupo Newcomm, assumiu publicamente o erro de sua agência VML, responsável pela criação do vídeo de divulgação da promoção "Vivo Sempre Internet", protagonizado pelo ator Murilo Benício, que fala como se fosse o seu personagem Tufão, da novela Avenida Brasil, da Rede Globo. Segundo a VML, que trabalhou na campanha em parceria com a Y&R – que tem parte da conta publicitária da Vivo –, o filme ficou no ar por 18 horas entre segunda e terça (08 e 09/10).

Foi retirado pelas agências e o anunciante após solicitação da Rede Globo, que não fora consultada sobre a campanha e cujo regulamento de relação com o mercado publicitário não permite o uso de personagens seus em ações de marketing. Para Justus, a VML confundiu sua “expertise em comunicação digital com esperteza”. Segundo ele, as áreas de criação das agências do Grupo Newcomm trabalham sem amarras: “A ideia foi crescendo dentro da VML, acabou não passando pelas instâncias de controle do nosso grupo e foi levada ao cliente que questionou se podia usar aquela abordagem. A VML respondeu que sim, pois tinha checado com a empresária e o artista”. “Talvez nosso pessoal tenha imaginado que na internet podia. Mas está claro que não pode. Houve uma sucessão de erros que me deixa triste com a minha própria empresa”, reconhece Justus, frisando a “relação espetacular” mantida com a Rede Globo. “Sabemos de nossas responsabilidades de não violar contratos com nossos parceiros”, acrescenta. Segundo o empresário, além de ter retirado o vídeo dos canais oficiais da Vivo assim que a Globo reclamou, sua agência está empenhada agora em impedir a reprodução em sites como o YouTube. “Reconheço nosso erro. Um grupo com a nossa experiência jamais poderia ter entrado em uma roubada como esta. Não deixaremos prejuízo financeiro para o nosso cliente”, salienta Justus.

Tags: