Canal
Geral

<!--:pt-->Gillette Fusion adere ao golfe<!--:-->

Por: 0 25 de Novembro de 2009

Modalidade esportiva que não para de crescer no Brasil e que volta aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, fez com que a Gillette Fusion aderisse ao golfe e a marca está patrocinando os brasileiros Rafael Barcellos e Ronaldo Francisco. Os profissionais disputarão na China, de 26 a 29/11, a Mission Hills World Cup, a Copa do Mundo de Golfe, que distribuirá US$ 5,5 milhões em prêmios.

[caption id="attachment_37415" align="aligncenter" width="560" caption="Rafael Barcellos e Ronaldo Francisco."]Rafael Barcellos e Ronaldo Francisco.[/caption] "O Golfe brasileiro precisa de parcerias sólidas como a que a Gillette tem construído nos últimos anos. Com certeza o golfe e a Gillette colherão ótimos frutos no futuro", diz Felipe Almeida, sócio da Mix Brand Experience, responsável pela captação do patrocínio para os profissionais e incentivador do esporte no País. Barcellos, profissional do São Paulo Golf Club, e Francisco, do Quinta do Golfe, de São José do Rio Preto, enfrentarão outras 27 duplas de países como Espanha, Suécia, Irlanda, Inglaterra, Alemanha, África do Sul, Estados Unidos, Austrália, Dinamarca, Índia, Tailândia, Argentina, Itália, Japão, França, Taiwan, Nova Zelândia, Coréia, Gales, Escócia, Canadá, Singapura, Filipinas, Venezuela, Chile e Paquistão. Nomes como o norte-irlandês Rory McIlroy, os australianos Robert Allenby e Stuart Appleby, o inglês Ian Poulter, o espanhol Sergio Garcia, o neo-zelandê Danny Lee e o sul-africano Rory Sabbatini são alguns dos destaques do torneio. A dupla brasileira se classificou para a Copa do Mundo de Golfe depois de um emocionante playoff contra a Guatemala durante a Copa Marriot Venezuela Plaea Grande. Faz onze anos que o Brasil não se classifica para a Copa do Mundo. "Os golfistas de todo o Brasil estarão torcendo muito pelos dois. No ano em que o Rio de Janeiro foi escolhido para sediar os Jogos de 2016 e que o golfe voltou para as Olimpíadas, não poderia haver melhor notícia do que a participação do Brasil na Copa do Mundo", diz Rachid Orra, presidente da Confederação Brasileira de Golfe. http://worldcup.pgatour.com/index.aspx

Tags: