Canal
Geral

Fundação Cultural promove a Semana Curitiba Lê

Por: 0 10 de Outubro de 2014

A Fundação Cultural promove de 13 a 18 de outubro uma série de oficinas, rodas de leitura e debates sobre políticas públicas para a literatura em Curitiba. A Semana Curitiba Lê reunirá no Palacete Wolf, na Casa Hoffmann e no Memorial de Curitiba, escritores, educadores e profissionais de diversas áreas que trabalham com a leitura como prática cultural. Para participar das atividades os interessados devem fazer a inscrição pelo e-mail [email protected] 5205_s Entre os convidados está José Castilho, Secretário Executivo do Programa Nacional do Livro e Leitura do Ministério da Cultura, que apresentará conferência sobre as novas perspectivas para as políticas públicas de leitura no país e a importância da criação de um Plano Municipal do Livro, Leitura e Literatura, com a articulação conjunta do poder público e da sociedade civil. Para a coordenadora de literatura da FCC, Mariane Torres, o evento é mais uma oportunidade para as pessoas conhecerem e debaterem as ações de formação e incentivo à leitura já desenvolvidas. "Elaboramos uma programação que pretende mostrar diferentes maneiras de realizar a mediação de leitura e como elas podem ser aplicadas nos mais diversos contextos", explica Mariane.

Sobre o Curitiba Lê 

O programa Curitiba Lê é composto por um conjunto de ações de fomento, difusão e formação que visam aumentar quantitativa e qualitativamente os índices de leitura entre crianças, jovens e adultos. As ações são realizadas em 16 espaços de leitura gerenciados pela Fundação Cultural de Curiitba para promover a criação literária e o incentivo à leitura. Fazem parte ainda do programa Curitiba Lê todas as atividade que a FCC desenvolve no campo da literatura. Entre elas estão os ciclos de leitura, que se propõem a estudar a obra de determinados autores, além de cursos e oficinas literárias. A Fundação Cultural também promove em seus espaços rodas de leitura e sessões de contação de histórias. As Casas da Leitura têm a proposta de funcionar como um centro de estudos e pesquisas voltado à leitura, não só do ponto de vista da promoção do hábito de ler como das discussões teóricas sobre os mecanismos e as formas de incentivo. Nesse sentido, elas também são palco de cursos, seminários e conferências voltados a agentes multiplicadores e incentivadores, como é o caso dos professores da rede municipal de ensino, contadores de histórias, arte educadores e voluntários.

Tags: