Canal
Geral

Funcionários da AmBev são reconhecidos mundialmente

Por: 0 8 de Outubro de 2009

A AmBev teve três de seus funcionários reconhecidos mundialmente. Elenildo Alves da Cunha, Reginaldo Piccineli e Selis Cristina Silva Figueira são os finalistas da etapa global do concurso "Donos da AmBev" edição 2009. O prêmio de € 2.500 concedido pela AB InBev será usado no treinamento e aperfeiçoamento dos profissionais.

ambev
O programa "Donos da AmBev" foi criado em 2006 e tem como objetivo principal reconhecer as iniciativas dos funcionários que são exemplos da cultura AmBev na prática. A ideia é tornar estas histórias conhecidas por todos os funcionários da companhia.
[caption id="attachment_32885" align="aligncenter" width="374" caption="Elenildo Alves da Cunha."]Elenildo Alves da Cunha.[/caption]
"Mais que um prêmio de valor financeiro, o 'Donos da AmBev' é um reconhecimento público para as pessoas cujas ações contribuem para tornar a AmBev a melhor empresa de bebidas do mundo em um mundo melhor", diz Elisabeth Barbosa Furiati Tinti, gerente de Comunicação Interna da AmBev.
[caption id="attachment_31645" align="aligncenter" width="374" caption="Reginaldo Piccineli."]Reginaldo Piccineli.[/caption]
Elenildo, Reginaldo e Selis tiveram suas histórias formalmente reconhecidas pela AB InBev. As trajetórias destes profissionais foram analisadas por um comitê interno que os reconheceu como funcionários alinhados com os valores da AmBev, que cultuam o pensamento de "dono do negócio". [caption id="attachment_31646" align="aligncenter" width="374" caption="Selis Cristina Silva Figueira."]Selis Cristina Silva Figueira.[/caption] Elenildo da Cunha tem 45 anos e ingressou na AmBev como auxiliar de produção em 1986. Já exerceu as funções de operador de produção, supervisor de Silos, Brassagem e Filtração, e hoje ocupa o cargo de supervisor de adegas sempre na Filial Nordeste. Reginaldo Piccineli tem 38 anos e entrou na companhia em 1998. Durante os 11 anos de casa, sempre trabalhou na área de Vendas. Selis Cristina Figueira foi estagiária da AmBev em 1985. Regressou para a companhia em 1991, desde então já passou por diversos cargos, dentre eles foi coordenadora de distribuição  no Nordeste e Centro-Oeste na área de Vendas, gerente regional de Logística  no Centro-Oeste , gerente de fábrica em Goiânia e, na data em que recebeu a premiação era gerente da fábrica de Brasília.

Tags: