Canal
Geral

Fórum Abav-SP recebeu executivos da GOL Linhas Aéreas

Por: 31 de Julho de 2015

Foi realizado no dia 28 de julho, na sede nacional da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav), o encontro mensal entre dirigentes e proprietários de agências de viagens associados à entidade. O 58º Fórum Executivo Abav-SP contaria com a presença do diretor-comercial da GOL, Fábio Mader, que não pôde comparecer, sendo substituído pelo gerente-comercial Agências, Anderson Wolff e o gerente-comercial Consolidadores, Fabrício Jerônimo.

Além dos representantes da companhia, também participaram do fórum o presidente da Abracorp, Edmar Bull e o presidente da Abav Nacional, Antônio Azevedo. Os executivos apresentaram dados sobre o crescimento da linha em diversos setores, e as novidades trazidas no evento realizado no último dia 15 de julho, que apresentou a nova identidade visual da companhia, em Belo Horizonte (MG).

Entre as novidades, a que mais obteve destaque foi o lançamento do serviço de Wi-Fi a bordo, tendo como 2018, o ano previsto para que todas as aeronaves já contem com o serviço.  

Foto: Divulgação.

Apesar de se manter como líder no transporte de passageiros no Brasil, a GOL apresentou um corte de 40% em suas operações internacionais no Caribe e América do Norte, prorrogando a proposta da construção de um hub em Punta Cana (República Dominicana) para os próximos anos.

Por outro lado, a empresa aguarda autorização para começar a operar na Capital cubana, Havana, e pretende lançar mais dois destinos ainda não divulgados até julho de 2016. O corte operacional foi justificado pelo atual cenário econômico brasileiro e mundial.   

"Tudo que vimos aqui foi em virtude de uma evolução desenvolvida em cima de pesquisas avançadas feitas com os clientes. Queria agradecer o sucesso da GOL nesses anos pela parceria com o Estado e pela compreensão de que a GOL está em um novo momento com muitas novidades.", ressaltou Anderson.  

Na última edição, o evento recebeu o diretor de Vendas Indiretas da TAM, Igor Miranda, que afirmou não ser favorável à cobrança do DCC, mas, ao contrário disso, reiterou seu compromisso em fortalecer os canais de distribuição indiretos. "Ao nosso ver, essa decisão tende a fortalecer os agentes de viagens no atual cenário tão marcado pela competição entre diferentes meios", avaliou o presidente da Abav-SP, Francisco Leme.

Tags: