Canal
Geral

FMSS cria game virtual voltado a escolas públicas

Por: 0 22 de Junho de 2015

Com o objetivo de estimular o protagonismo dos jovens adotando uma linguagem contemporânea e próxima, a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS), responsável pelo Investimento Social Privado (ISP) do Grupo RBS, lança o seu game virtual. Voltado para escolas públicas gaúchas e catarinenses e alinhado às novas tecnologias, Logus – A Saga do Conhecimento materializa o novo posicionamento da FMSS, promovido em abril, com o slogan 'Conhecimento transforma'. Logo_Logus"Queremos contribuir para a transformação da nossa sociedade em todas as dimensões, e, na educação, foco de nosso investimento social, nosso compromisso com a qualidade do aprendizado e com a valorização da escola se traduz na conexão com os jovens, nas oportunidades de inovação e acesso às novas metodologias e, principalmente, no estímulo às competências necessárias para uma vida produtiva, de realizações." destaca o presidente do Conselho de Administração do Grupo RBS e da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, Nelson Sirotsky. Composto por cinco missões principais e tarefas presenciais e on-line, a iniciativa utiliza a estratégia da gamificação para desenvolver competências socioemocionais nos estudantes. Mobilização, criatividade, espírito de equipe, inovação e atitude são as características que o game se propõe a despertar ao longo de seis meses. Cada uma das etapas terá recompensas em dinheiro e/ou pontuação. Ao longo das missões, haverá vencedores e, no final do ano, as equipes que acumularem mais Logus (pontos) serão premiadas. "Sabemos que o processo de gamificação gera engajamento e comprometimento. Ele estimula mudanças de comportamento, torna ações tediosas em divertidas e estabelece conexão social. Quando aplicado na educação, traz novo fôlego a essa área.", analisa o presidente da Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais (ADJogos) do Rio Grande do Sul, Carlos Idiart. A construção do projeto abrangeu bases multidisciplinares. Além da equipe da FMSS e de colaboradores do Grupo RBS, foram envolvidos consultores de projetos sociais, agência digital e game designers para compor linguagem, dinâmica e sistemática do game. Vital - Ativando a Educação é a primeira missão de Logus. Para participar, cada time deve apresentar uma ideia de melhoria para a escola, descrita em 140 caracteres e uma imagem. Uma votação on-line e aberta ao público vai escolher os projetos e os sete com maior votação ganharão R$ 2 mil para colocar a ideia em prática. As inscrições já estão abertas, e é possível participar da primeira etapa até 6 de julho. Para participar, os estudantes e educadores das redes municipal, estadual e federal devem inscrever suas equipes exclusivamente pelo site. A participação pode acontecer em qualquer momento, que se encerra em 28 de novembro. Logus se passa no futuro. O ano é 2087, e a humanidade sofre uma ameaça. Nulis, o vírus do desinteresse, está transformando a população mundial em seres apáticos. Para reverter essa situação e transformar 'Desativados' em 'Ativados', grupos devem se unir para acumular Logus, o antídoto. As equipes que reunirem a maior quantidade de antídotos recebem prêmios durante as fases e no final do ano.  

Tags: