Canal
Geral

Florianópolis recebe seminário de gastronomia regional

Por: 0 29 de Junho de 2015

O Seminário Identidade Cultural da Gastronomia de Santa Catarina, que acontece no dia 30 de junho, das 9h às 18h, é uma iniciativa do Programa Florianópolis Cidade Criativa Unesco da Gastronomia com o objetivo de apresentar e debater os principais conceitos e valores relacionados com a gastronomia regional. O Ceart/Udesc vai receber a representante da Unesco, Denise Bax, e a representante do Sebrae Nacional, Durcelice Mascene que vão participar do evento. A programação inclui “mesas redondas” com especialistas sobre Cozinha Tradicional e Açoriana; gastronomia contemporânea e Cultura e Gastronomia, além da apresentação do resultado final da pesquisa “Memória Sensitiva da Gastronomia de Santa Catarina”. Seminário Santa CatarinaTambém participarão do Seminário 12 renomados designers do Brasil e do Exterior, que, de 1º à 6 de julho irão desenvolver em conjunto com profissionais e estudantes locais um kit de utensílios para valorização da gastronomia regional através da Oficina Criativa Design + Artesanato + Gastronomia, no Ceart/Udesc. Apenas 20 vagas estão disponíveis para esta oficina, com solicitação de inscrição pelo e-mail design.ceart@udesc.br. “É uma ação que vai desencadear o processo de integração do design, artesanato e gastronomia, importante também pela participação das universidades, presença da Unesco e contribuição dos artesãos que terão seu trabalho valorizado e devem ajudar a construir os utensílios." afirma a presidente da Associação FloripAmanhã, Anita Pires. “A proposta é promover o entrelaçamento de três atividades da economia criativa. O design intervindo na gastronomia, gerando trabalho e estimulando a demanda de produtos e utensílios artesanais, que produzidos localmente internalizam renda na comunidade.” explica o diretor da Associação FloripAmanhã, o designer Eduardo Barroso Neto. O seminário será também uma espécie de briefing para os participantes da oficina. “Como cada alimento tem uma história, uma origem, e uma forma de preparo que pode mudar de uma região para outra, entender essas diferenças e, em suas singularidades, descobrir o repertorio emocional das pessoas, e deles extrair valor, é o desafio proposto.” complementa Barroso. Oficina Criativa“O que buscamos será unir os saberes tradicionais das cozinhas com aquele presente nas oficinas artesanais. O sabor de uma soma de saberes, que toca não somente o palato, mas a alma das pessoas. Cada prato com uma linguagem formal e simbólica, que o distinguam e o coloquem em valor.” acrescenta o diretor da FloripAmanhã. A partir do seminário e do trabalho desenvolvido em seis dias de oficina, o objetivo do Programa Florianópolis Cidade Criativa Unesco da Gastronomia é criar novas produtos relacionados com os principais pratos da culinária de Santa Catarina, como travessas, vasilhames, utensílios e complementos de mesa, na forma de coleções, cuja produção seja preferencialmente local e sua adoção pelos restaurantes comprometidos com o Programa. “Dotar os pratos de uma referência simbólica, relacionada com a história ou a cultura do lugar, ampliando a percepção de seu valor.” resume Barroso. “O que se espera são artefatos que proponham uma solução relacionada com sua cultura de origem, estimulando a preservação de hábitos e tradições, porém aberta ao novo, as experimentações que enriquecem e ampliam o repertório cultural.” conclui.

Tags: