Canal
Geral

Expoecos 2011 aconteceu esta semana em Brasília

Por: 0 31 de Julho de 2011 03:25

Ocorreu entre os dias 26 e 28, em Brasília (DF), a ExpoEcos, uma das maiores exposições de supermercados do Brasil. A "30ª Exposição e Encontro Centro-Oeste de Supermercados" (ExpoEcos) reuniu mais de 100 expositores e público superior a 15 mil pessoas.

A feira aconteceu no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade (ExpoBrasília), na capital federal. O evento contou com o apoio das associações supermercadistas parceiras dos Estados do Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.

O objetivo da feira é promover o encontro de fornecedores, supermercadistas e varejistas de vários Estados brasileiros e apresenta novos produtos que ainda não chegaram aos supermercados. Instituições como Sebrae/DF, Lumi Informática, ToTVs, Facitec, Cleversystems, Anvisa e Start Química estão entre os expositores, e apresentam suas últimas novidades, entre produtos, serviços e projetos.

Mas, a exposição vai além, e oferece aos participantes a oportunidade de saberem mais sobre assuntos de interesse para o setor, como tecnologia, marketing e administração.

A expectativa era de que durante a feira, fossem gerados mais de R$ 200 milhões em negócios. “A exposição funciona como uma vitrina, em que o fornecedor tem acesso aos mais novos e melhores produtos do mercado. Sem contar que tudo o que acontece em Brasília repercute de maneira abrangente no País. Nós nos tornamos foco, tanto das decisões políticas, quanto do mercado interno”, afirma o presidente da Associação de Supermercados de Brasília (Asbra), José Fagundes Neto.

Movimentação do Setor

A cada ano, aumentam as oportunidades de negócios entre varejistas, supermercadistas e distribuidores, ampliando os índices numéricos do setor. O Centro-Oeste obteve crescimento considerável, de acordo com a análise das regiões no Ranking Abras – elaborado pela Associação Brasileira de Supermercados.

De acordo com os dados, o Centro-Oeste passou de 4,6% do faturamento do setor, na pesquisa relativa ao ano de 2009, para 6,9% (R$ 10,4 bilhões), em 2010. Destaque para o Distrito Federal, que obteve o nono lugar no ranking nacional, subindo um posto.

Tags: